O aumento vem aí

Publicação: 2011-01-21 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Demorou, mas vai sair o aumento de tarifa dos transportes coletivos de Natal. O assunto invadiu as redações no final da tarde, varrido pelas ondas do Panorama Político, da Rádio Globo Natal. Segundo as informações, o preço da tarifa ficaria na casa de 2,20. O reajuste foi a causa da queda do então secretário de Mobilidade Urbana, Renato Fernandes, numa manobra até hoje não totalmente esclarecida. O reajuste chegou a ser assinado pelo presidente da Câmara, no exercício do cargo de prefeito, Dickson Nasser, e só não entrou em vigor no início de novembro de 2010 porque a publicação foi suspensa pelo chefe do Gabinete Civil, Kalazans Bezerra. Ao retornar de uma viagem aos Estados Unidos, a prefeita Micarla de Sousa exonerou o secretário e suspendeu o reajuste alegando que as empresas de ônibus não haviam cumprido o acordo para melhoria dos serviços.

Fora de área

Ontem, a TRIBUNA tentou checar a informação, mas os telefones da cúpula da Semob estavam fora de área. Pelo witter, o secretário Jean Valério confirmou o aumento. Um rilize por volta das 21h, sacramentou os R$ 2,20.

Pergunta

No twitter, o promotor de Justiça, Fernando Vasconcelos perguntava: “Por que os aumentos não são publicados no Diário Oficial do Município com antecedência? Sempre pega a população de surpresa.”

anestesia

Os anestesistas terminaram o dia de ontem sem receber o pagamento prometido pela governadora Rosalba Ciarlini. O compromisso era pagar parte da dívida de R$ 1,1 milhão no dia 20 e o restante no dia 30 de janeiro.

"A concessão do pleito, nesse momento, causaria um dano muito superior ao que se deseja evitar.”
Nilcéa Barbosa Maggi,  juíza da 5ª Vara Federal de Pernambuco, que indeferiu pedido do MPF para que todos os candidatos do Enem pudessem ter acesso às provas e questionar as notas.

O livro de Pe. Murilo

O padre Antônio Murilo de Paiva lança hoje à noite, no patamar da Matriz de São Gonçalo do Amarante, o livro “De Bem-te-vis e Gaviões”, uma homenagem a Dom Nivaldo Monte e ao padre Sabino Gentili, dois missionários que tiveram grande influência na vida pastoral do autor. Murilo representou a Arquidiocese de Natal nos funerais de Sabino, que morreu no dia 8 de julho de 2006, de ataque cardíaco, quando participava da procissão de Santa Anatólia, padroeira da cidade italiana de Castel di Tora, onde nasceu em julho de1945.

A história no lixo

No final do capítulo dedicado a Sabino, um dos fundadores da Patoral do Meio Popular no Rio Grande do Norte, Murilo narra um episódio que considera lamentável para a história da igreja potiguar. Diz ele:

— Antes de voltar a Macau, fui recolher as encomendas que durante todo o dia havia deixado lá [na Livraria Paz na Terra]. Quando entrei para falar com Sônia Maria, encontrei-a fatigada, o semblante de tristeza e amargura. Perguntei o que houve e ela respondeu: “Olhe ali no cesto da calçada”. Estavam lá diversos rolos de fita de gravações de programas da Rádio Rural que o pessoal da Comunidade Shalon havia jogado no lixo. Doeu ver a história da rádio e da própria Arquidiocese ser esfacelada no lixo por quem nunca soube o que foi o Movimento de Natal (….).

Um instante, maestro!

Padre Murilo lembra ainda que a façanha do grupo religioso que assumiu a Rádio Rural foi além. “Todos os LPs de Música Popular Brasileira foram retirados de circulação e os de Roberto Carlos quebrados, sob a justificativa de que continham ensinamento da doutrina espírita”.

Visita

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, Valério Mesquita, recebeu ontem a visita de uma comissão de vereadores da Câmara Municipal de Natal.

Chuvas

A Emparn registra chuvas em apenas 22 postos de coleta espalhados pelo Estado. A maior delas foi em Parnamirim, onde duas “pancadas’, uma no início da tarde e outra à noite, resultaram em 99 milímetros. Em Jardim de Piranhas, no Seridó, foram 48 mm, Santa Cruz, no Agreste, 37,7 e Riacho da Cruz, Alto Oeste,  34,9. Os blogueiros do interior dão conta de boas chuvas no Seridó e também na Paraíba. No Sítio Saudade, em Serra Negra, foram 98 milímetros.

Trens

Cumprindo determinação judicial, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) removeu ontem uma passagem de nível feita por moradores para facilitar o acesso rodoviário ao conjunto Jardim Aeroporto.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários