O horror na Venezuela

Publicação: 2019-10-10 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Alex Medeiros
alexmedeiros1959@gmail.com

Desde o começo de outubro as imagens de um centro de detenção no estado venezuelano de Anaco vem chocando o mundo nas capas de jornais e sites, nas reportagens da televisão. Dezenas de homens nus, muitos bem jovens, deitados no cimento a céu aberto, as mãos cruzadas sobre a cabeça, e duplas de galos de briga se digladiando em cima deles, os corpos transformados em rinhas de apostas.

Um primeiro vídeo foi divulgado no dia 30 de setembro, com cenas de uma semana antes e começou a se espalhar por blogs até que atingiu em cheio as redes sociais no início da semana. Há cenas em que jovens prisioneiros emitem reação de dor ou de protesto, e se ouve vozes dos guardas do governo Maduro gritando “cala a boca, garoto” e dando tapas na cabeça para que parem com a reclamação. Os torturadores fazem apostas nos galos de raça.

Deitados no cimento quente, os presos são ringues para o divertimento dos guardas, e emitem gemidos quando os animais saltam na batalha de esporas, os pés com garras afiadas batendo nas costas e rasgando suas peles.

Para estimular a constância dos galos sobre os corpos, os policiais bolivarianos atiram comida nas costas, pernas e bundas, fazendo com que as aves subam nas rinhas humanas e se comam o pão que os presos não têm direito.

Já houve mais de uma greve por causa da falta de pão e água nas cadeias do regime comunista de Nicolás Maduro, todas apinhadas de criminosos comuns e de presos políticos, muitos por participação nas manifestações pelo país.

Familiares dos prisioneiros disseram à imprensa que os guardas inventaram as brigas de galos como forma de vingança pelos protestos. Muitos receberam golpes duros na cabeça e foram torturados com sacos plásticos no rosto.

As torturas nas masmorras espalhadas pela Venezuela são constantes e foram denunciadas várias vezes pela ONG Uma Ventana à Libertad (Uma Janela para a Liberdade). Também os Repórteres sem Fronteira noticiaram o caso.

Segundo a organização Human Rights Watch, desde 2016 já morreram quase 18 mil pessoas na Venezuela por ações da polícia e das milícias chavistas. As torturas em Anaco não são tão diferentes do que ocorre nas demais prisões.

Além de castigados pelo ativismo contra o regime, os presos também pagam pelo mau comportamento em todas as delegacias da Venezuela. Há torturas, execuções, estupros, já denunciados pelo Conselho de Direitos Humanos.

A violação dos direitos mínimos no país chegou a um ponto que a ONU aprovou a criação de uma comissão para investigar os crimes de Maduro. Ele é o primeiro ditador latino-americano investigado pelo Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

ARTIGO

Transfusão
Com atraso nos repasses do ICMS e do IPVA para os municípios, o governo estadual tenta uma gambiarra com efeito tático de vender ilusão. Quer encaminhar a dívida através da conta da saúde, que é verba carimbada.

Tira e bota
Com essa artimanha, as prefeituras ficam limitadas a usar o recurso na saúde e então o governo maquia o discurso como se houvesse investimento no setor que vive uma grave crise em todas as cidades. É a pedalada com cheiro legal.

Propaganda
Desde quando iniciei em jornal, no saudoso Diário de Natal, testemunhei os discursos histéricos do PT contra as verbas públicas de propaganda. Hoje, com o estado quebrado, seu governo gastou em 9 meses mais de R$ 6 milhões.

Escândalo
A entidade já não era essa seriedade toda, e agora a UNE confirma sua função de aparelho partidário com o uso nada republicano de dinheiro público. O TCU revelou abusos com cartões corporativos durante os governos Lula e Dilma.

Promiscuidade
A deputada federal e pós-graduada em Educação, Dayane Pimentel, foi dura: “A UNE sempre foi um movimento promíscuo, baixo e falsário. Seu foco é drogas, bebidas, política partidária, qualquer coisa menos lápis e cadernos”.

Estacionamento
A Justiça deu ganho ao Shopping 10 numa ação contra o Detran que tentou tornar obrigatória a gratuidade no estacionamento para portadores de um cartão emitido pelo órgão. Também considerou ilegal a multa de R$ 1 mil.

Estacionamento II
A Justiça de SP suspendeu uma lei municipal em Campinas que isentava do pagamento de estacionamento para clientes que consumissem dez vezes o valor da cobrança em shoppings centers e hipermercados da cidade.

Ideologias criminosas
O jornalista espanhol Ramón Perez-Maura publicou ontem no Diário ABC um bom artigo sobre a resolução aprovada pelo Parlamento Europeu que condena os regimes totalitários e equipara o comunismo ao nazismo e ao fascismo.

Zedelfino hoje
A partir das 18h tem lançamento de mais um livro do poeta e anestesista José Delfino, que dá uma folga à poesia para apresentar seus dotes de contista com “Uma Visão Deteriorada do Mundo”. Na Galeria Fernando Chiriboga, Midway.

Argentinos poupados
Diferente do brasileiro Tite com o Flamengo e o Grêmio, o técnico argentino Scaloni poupou os jogadores do River, do Boca e do Colón que disputam a Libertadores e a Copa Sul-americana. Ontem contra a Alemanha e domingo contra o Equador, escalou Marchesín, Juan Foyth, Otamendi, Rojo e Tagliafico; Pereyra, Paredes e De Paul: Ángel Correa, Lautaro e Dybala.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários