O lar de Jangadeiro

Publicação: 2016-09-30 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Há apenas seis meses na rota do litoral potiguar, o restaurante Jangadeiro – Samburá de Sabores já se tornou um dos points mais badalados da aprazível São Miguel do Gostoso. O local, que só atende apenas sob reserva e com menu confiance, é repleto de ótimas avaliações no site Trip Advisor, referência mundial em turismo e entretenimento, atraindo pelo clima intimista e charmoso. É o que os proprietários chamam de ‘gastrolar’.
CedidaGastrolar: A casa do Jangadeiro tem um gazebo charmoso e receber para o almoço e o jantarGastrolar: A casa do Jangadeiro tem um gazebo charmoso e receber para o almoço e o jantar

O casal Carlos Ferreira e Renata trocou o Rio de Janeiro pelo Rio Grande do Norte há um ano. Não foi difícil escolher Gostoso como novo lar. A casa foi construída em torno da cozinha, e logo se tornou o Jangadeiro. A gastronomia, que até então era só um hobbie, passou a se tornar um negócio – mas feito com prazer. Carlos e Renata elaboraram o cardápio, que muda mensalmente, e também cozinham, tudo às vistas da clientela.

O Jangadeiro pode receber para o almoço e o jantar, conforme as reservas. “Quem vem pela manhã pode até aproveitar a passagem como um ‘day use’, já que ficamos em frente às piscinas naturais, e cada mesa tem uma rede para descansar”, sugere Carlos. O local possui a ambientação de uma casa de praia ou palhoça estilizada, com simplicidade e bom gosto, tendo um gazebo forrado de chita, alpendre, mesas e cadeiras rústicas com jogos americanos de tricô. Recebe no máximo grupos de até 32 pessoas, ou 16 para o almoço e 16 para jantar.
CedidaBobó de camarão desconstruídoBobó de camarão desconstruído

Carlos define a cozinha do Jangadeiro como “regional com um toque contemporâneo”. O menu é servido em cinco etapas. Entre as iguarias que já foram degustadas estão a lagosta com purê de banana e farofa de castanha; filé de sol; um carpaccio fechado com creme de queijo; maxixada com feijão verde; polvo e lula flambados na cachaça com pestos de espinafre e limão; rabada desfiada sobre nhoques; creme brulée de milho com especiarias; cuscuz com caju em três texturas, e as entradas que já são a cara da casa: o carioca bolinho de feijoada, e o potiguar bolinho de feijão verde e cream cheese com camarão e dendê.

Vale salientar que 80% dos ingredientes vegetais são orgânicos e plantados no próprio Jangadeiro. Da macaxeira ao maxixe, passando pelo tomate e pimentão. Para beber, a casa dispõe de uma carta de vinhos e espumantes com 20 rótulos bem escolhidos. Antes de servir, os chefs se informam sobre as restrições alimentares dos clientes. Renata ressalta que nunca repete o cardápio para clientes que já vieram, e sempre tem novidades esperando a cada visita. É slow food com vista para o mar.
CedidaUm dos pratos da casa, o Filé do Sol a cavaloUm dos pratos da casa, o Filé do Sol a cavalo

Serviço:
Jangadeiro – Samburá de Sabores. São Miguel do Gostoso. Reservas devem ser feitas com 24 horas de antecedência pelos números 98120-9837 e 98147-7216.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários