O mundo é de Billie

Publicação: 2019-07-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Alex Medeiros
alexmedeiros1959@gmail.com

Billie Eilish. Anote esse nome. É uma garota de apenas 18 anos, americana com ar adolescente que entrará para a história da música como a primeira pop star do século XXI. Nasceu em Los Angeles, em dezembro de 2001, e está simplesmente reescrevendo o papel do songbook contemporâneo.

Billie uma cantora, compositora e musicista rebelde (também, com um nome desse de uma diva transgressora) que fez sua primeira música com 11 anos. Aos 16 chutou o pau da barraca dos candidatos a produtores e foi manufaturar seu talento na companhia de um irmão, um trabalho em família.

Hoje com a idade do iPod, ela é a essência pura do seu tempo, já considerada a primeira virtuose do terceiro milênio, compondo canções que falam desse cotidiano de instantaneização da loucura, de interação das angústias e sofreguidão pela acumulação. Ela canta sangue, morte e pesadelo.

Em 2016, ainda uma debutante e já independente do irmão Finneas que seguia uma carreira confortável, ela surpreendeu todo mundo com o single “Ocean Eyes”, que caiu no gosto das tribos e logo viralizou nas redes sociais. A menininha mostrando o cartão de visitas de embaixadora do eletropop e indie.

Sobre a primeira composição, aos 11, é uma letra inspirada no badalado seriado Walking Dead, um universo de zumbis e violência, perfeito como espelho da garota malcriada que quer atirar sua raiva na cara do planeta, como um aviso de que só quer espaço para desenvolver sua forma de atuar.

Legítima representante da chamada geração X, Billie Eilish navega loucamente pelo rock, hip hop e até k-pop, sem se preocupar com o hit perfeitinho que por acaso seja imaginado por quem a olhe como a gatinha da cidade dos anjos. Um jornalista de lá viu nela uma releitura do Nirvana do fim século XX.

E tem mais, sua tenra juventude é desproporcional aos interesses de talentos experimentados; quando faz questão de afirmar não ter interesse que a toquem no rádio, que o que quer mesmo é ser curtida nos discos, ignorando a tese de que tanto o CD quanto a bolacha preta estariam obsoletos no século dela.

O sucesso estrondoso do primeiro single resultou numa disparada série de outros em 2017, contaminando a todos os fãs já enfeitiçados pela bruxinha má. Vieram “Bellyache”, em fevereiro; “Bored”, em março; “Watch” e “Copycal”, em junho; e aí o pipoco com o EP de estreia “Don’t Smile at Me”, em agosto.

Fisicamente, ela se apresenta em diversos formatos, com cabelos loiros, pretos, ruivos, maquiagem carregada, suave, mezzo hard mezzo rock. Seus vídeos transmitem a conjuntura sonora do seu tempo, como trailers de séries de horror, de aventura, um mundo nerd, punk, geek. Anote esse nome. Billie Eilish.

Elegância
A governadora Fátima Bezerra disse em encontro com o prefeito Álvaro Dias e os secretários de turismo e cultura, respectivamente Fernando Fernandes e Dácio Galvão, que respeita as decisões do Conselho Estadual de Cultura.

Ignorância
Condenável a forma truculenta com que alguns amarelinhos abordam as pessoas que caminham e correm diariamente nas imediações do Bosque dos Namorados. Sem diálogo, rebocam os carros sem qualquer zelo com o alheio.

Supremo
Jair Bolsonaro e as igrejas que me desculpem. Mas ao invés de um ministro do STF terrivelmente evangélico, como disse o presidente, eu prefiro onze vezes um ministro amavelmente ateu na mais alta corte do Poder Judiciário.

Falsa luta
Quem ergue palavras como martelo do mundo geralmente guarda frustrações por não ter batido um prego em favor do seu mundo quando teve oportunidade. Vivemos a era dos exércitos de vaidosos combatendo a vaidade.

Na FLIP
A 17ª edição da Feira Literária de Parati abriu na noite de ontem com crianças lançando livros, entre outros destaques. No sábado, nosso Dácio Galvão lançará o livro “O Poeta Câmara Cascudo – Um Livro no Inferno da Biblioteca”.

Academia
A partir de 25 de julho, estão oficialmente abertas inscrições para candidatos à cadeira que foi do escritor Lenine Pinto na Academia Norte-Rio-Grandense de Letras. Até aqui, Ivan Lira de Carvalho e Racine Santos seguem no páreo.

Aniversários
Hoje completa 70 anos um dos mais importantes goleiros do futebol brasileiro, Emerson Leão, que fez história na seleção, no Palmeiras, Vasco e Grêmio. Em Natal, festejam idade nova o jornalista Jânio Vidal e o geólogo Eugênio Cunha.

Bola de Ouro
Possivelmente um dos três principais candidatos ao título de melhor do mundo em 2019, ao lado de Messi e Alisson, o belga Hazard já é destaque no Real Madrid durante os primeiros treinos na pré-temporada em Montreal.

Figurinhas do Flamengo
Lançado no Sudeste e Brasília em 31 de maio passado, o álbum de figurinhas “Flamengo Sempre Eu Hei de Ser” está nas bancas de Natal, mas ainda um tanto sem a procura de outros álbuns como os da Copa América, Vingadores, Pato Donald e até mesmo o da Copa de Futebol Feminino.

figurinhas do Flamengo

Traz 300 figurinhas, algumas metalizadas e outras confeccionadas em tecido, além de histórias dos grandes ídolos. O livro de luxo tem opção em capa dura.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários