O presidente e a primeira-dama que amavam o futebol feminino

Publicação: 2019-06-08 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
No domingo (9) a seleção brasileira feminina de futebol inicia sua caminhada na Copa do Mundo da França. Esta edição é a que mais está recebendo atenção da mídia e da população. Em Natal, por exemplo, alguns bares vão transmitir os jogos, o que é uma iniciativa louvável. A capital potiguar, vale lembrar, tem uma longa história em se tratando do futebol praticado por mulheres.

Créditos: Reprodução/Revista MancheteCafé Filho foi fundador do time de feminino do Centro Esportivo Natalense, há 100 anos. À direita, a equipe feminina de futebol na qual está presente a atleta Jandira CaféCafé Filho foi fundador do time de feminino do Centro Esportivo Natalense, há 100 anos. À direita, a equipe feminina de futebol na qual está presente a atleta Jandira Café
Café Filho foi fundador do time de feminino do Centro Esportivo Natalense, há 100 anos. À direita, a equipe feminina de futebol na qual está presente a atleta Jandira Café

Para se ter uma ideia, o primeiro e único norte-riograndense a assumir o posto de Presidente da República, Café Filho (1899-1970), foi fundador da primeira agremiação futebolística do RN a montar uma equipe feminina. Isso foi há 100 anos atrás e o clube era o Centro Esportivo Natalense.

Sabe o que é mais curioso? Uma das jogadoras era Jandira Carvalho de Oliveira (1904-1989), que veio a se tornar esposa do Café Filho e Primeira Dama do Brasil. Essa história foi citada pelo escritor potiguar Homero Homem na reportagem “O Canguleiro João Café”, escrito para a revista Manchete em 1953. Diz o trecho da matéria: “Uma foto raríssima e curiosa: Café presidente de um 'time' feminino de futebol. A 'center-half' é dona Jandira Fernandes, esposa do vice-presidente”. Center-half era o termo usado para a função de cabeça-de-área, o volante dos dias de hoje, posição que exige força e garra para marcar.

Café Filho, único presidente do Brasil a ter sido jogador profissional, goleiro do Alecrim no caso, largou o esporte no início da década de 1920, quando se volta para o jornalismo e para as causas trabalhistas, e passa ser perseguido pela oligarquia da época. Jandira, com força e garra, o acompanha em seus exílios longe do Rio Grande do Norte. Começa assim a caminhada política de Café Filho que o levou até o posto máximo da república, quando assume o poder depois que o Getúlio Vargas comete suicídio em 1954 – e larga 14 meses depois, por motivo de saúde.

Em se tratando de futebol feminino, podemos dizer que o Brasil teve uma primeira-dama que jogou futebol na juventude, Jandira Fernandes, e ela era norte-riograndense. E seu marido, o presidente Café Filho, foi o fundador da equipe.






Deixe seu comentário!

Comentários