O Teatro Riachuelo reabre obedecendo aos protocolos

Publicação: 2020-12-04 00:00:00
As cortinas voltam a subir no Teatro Riachuelo após oito meses de ausência. Seguindo o decreto emitido pela prefeitura no último dia 21 de outubro, o teatro retoma suas atividades em dezembro, com o pouco da agenda que conseguiu manter para 2020. A casa reabre com obediência a todos os protocolos de higiene contra a Covid-19, recebendo sexta e sábado (04 e 05) a palestra gospel do pastor youtuber Deive Leonardo, e o já conhecido humor debochado do matuto Zé Lezin, nos próximos dias 10 e 11 de dezembro. Após essas apresentações, a agenda só deverá ser retomada em fevereiro.

Créditos: Divulgação

O Teatro Riachuelo estará operando com 50% de sua capacidade. Está agora com 788 lugares disponíveis, e cada assento tem um metro de distanciamento do outro. As cadeiras estão distribuídas em plateia A (77), plateia B (312), frisas (61), camarotes (111), balcão nobre (215), cadeiras extras e cadeirantes (seis para cada). A bilheteria física reabriu em novembro, mas ainda se recomenda que as compras de ingressos sejam feitas através do site. Também foram instalados totens de autoatendimento no shopping.

Créditos: Divulgação

No palco
O primeiro show do teatro desde o fechamento em março ficará a cargo de Deive Leonardo, um jovem fenômeno da cena gospel brasileira. Ele apresentará a pregação/show “O Melhor Dia da Minha Vida – Parte 2”. Pastor, advogado e escritor, Deive tem entre seus fãs nomes como Neymar, Luan Santana, Safadão e Whinderson Nunes. Aos 30 anos, é o pastor brasileiro mais seguido no Instagram. É também o youtuber com o maior canal de pregação individual do mundo, tendo mais de 155 milhões de visualizações e mais de 3,2 milhões de inscritos.

No palco o pastor oferece um momento de palavras, reflexões e conforto diante de diversas questões. Ele levanta temas como “Qual o meu propósito de vida?” e “Jesus é suficiente?”. Seus álbuns, todos gravados ao vivo, trazem discursos como “Quem mandou largar a rede?”, “Primeiro amor”, “A tempestade tem medo”, “Fale menos”, e “É possível recomeçar”. “O Melhor Dia da Minha Vida” foi pensado para todos aqueles que precisam superar as pedras do caminho e olhar para frente com mais perseverança e alegria.

Em plena pandemia, quem diria, Zé Lezin tirou férias – mas não dos palcos. O humorista Nairon Barreto volta a  Natal para apresentar o espetáculo “As férias do matuto Zé Lezin”, dias 10 e 11 (quinta e sexta), às 18h. O show reunirá as melhores piadas e causos de sua longa caminhada de sucesso por todo o país, além é claro, de muitas novas anedotas, característica do “matuto” que é recorde de bilheteria. Como sempre, ele vai abordar diversos temas da atualidade com o bom humor habitual, malicioso, sagaz e debochado.

“Fiz questão de estar em Natal com essa nova turnê porque sempre fui muito bem recebido e não posso ficar sem me divertir com essa galera”, disse Nairon. Zé Lezin é um dos maiores recordistas de público no Nordeste. O comediante paraibano tem na bagagem 35 anos de carreira, cinco CDs e três DVDs, além de passagens pela Escolinha do Professor Raimundo, do padrinho Chico Anysio, e no Show do Tom. Nairon afirma que “não tem mistério no que faço. Na verdade é porque faço com amor, com um carinho enorme pelas pessoas que acompanham minha carreira desde o início”.

Agenda
O produtor Alexandre Maia, responsável pelo show de Zé Lezin e tantos outros que estavam programados para este ano, comemora a volta do teatro, mesmo sabendo que o desafio das readaptações terá que continuar por algum tempo. “É muito bom poder retornar ao trabalho, mesmo num ano atípico como esse. Levando em conta que não trabalhávamos desde março, é importante demais essa retomada”, diz.

Zé Lezin foi o único show que Alexandre Maia conseguiu manter em 2020. “Só foi possível por ele morar em João Pessoa (PB), e também por ser um artista amigo com quem já trabalhamos há 30 anos. Mas sei que não poderei fazer o mesmo com artistas de maior porte, que viajam de longe com equipe grande.

 Não poderemos manter com o teatro em formato reduzido, infelizmente”, diz. Alexandre remarcou vários shows para março e agosto de 2021, e está na expectativa de que a vacina surja no começo do ano. “Esperamos que o teatro possa operar com sua capacidade normal e as coisas voltem logo a ser como antes”, diz.

Serviço:
Teatro Riachuelo. “O Melhor Dia da Minha Vida – Parte II”, com Deive Leonardo, sexta (18 e 21h) e sábado (18h). “As Férias do Matuto Zé Lezin”, 10 e 11, às 18h. 









Leia também: