Obrigado, Stephen Hawking

Publicação: 2021-01-17 00:00:00
Alex Medeiros
alexmedeiros1959@gmail.com

Num corpo inerte, o físico britânico Stephen Hawking fez o mundo lhe respeitar, amar e consultar, usando apenas o poder de uma mente privilegiada e um olhar afetuoso. Milhões de pessoas nos cinco continentes sabiam quem ele era e leram ao menos algumas linhas das suas inúmeras teorias.

Enquanto ajudava a ciência a avançar na compreensão do Universo, ele refez teses da física clássica, levou outros cientistas a mudarem a concepção de mundo e criou teorias quânticas que de tão espetaculares levam os leigos a confundirem os estudos com literatura de ficção científica.

Hawking deixou frases e conceitos que também nos servem para o entendimento da vida simples de reles mortais que somos. Com seus cálculos matemáticos e um pensamento dialético a respeito da astrofísica compôs expressões que nos ajudam a caminhar no espaço-tempo do cotidiano.

Sobre as limitações que a vida impõe, disse que “devido à minha incapacidade, necessito de ajuda. Mas eu sempre trato de superar meus limites levando uma vida a mais completa possível. Já viajei o mundo, desde a Antártida até à gravidade zero”. E sobre o eu interior, “as pessoas tranquilas e silenciosas são as que tem as mentes mais fortes e ruidosas”.

Definiu a própria humanidade assim: “Somos apenas uma raça de macacos avançados em um planeta muito pequenino de uma estrela mediana. Mas podemos entender o Universo. Isso nos faz especiais”. E sobre o destino, “me dei conta que inclusive as pessoas que dizem que tudo está predestinado e que não podemos fazer nada para mudar nosso destino, olham para os lados antes de atravessar a rua”.

Invariavelmente, quando lhe perguntavam sobre crer ou não no destino, indagavam também sobre o futuro: “nossa única possibilidade de sobreviver a longo prazo é expandir-se ao espaço. As respostas a estas perguntas demonstram que temos feito um grande progresso nos últimos cem anos, mas se desejamos seguir mais cem, o futuro está no espaço. Por isso sou a favor dos voos espaciais”.

Da natureza humana, Hawking dizia que “os vírus de computadores deveriam ser considerados como vida. Penso que isto diz algo acerca da natureza humana, que a única forma de vida que temos criado é puramente destrutiva. Criamos uma forma de vida à nossa imagem e semelhança”.

Stephen Hawking sobreviveu a uma cruel e destruidora esclerose lateral amiotrófica. Morreu aos 76 anos, mas não se pode dizer que sucumbiu à doença que adquiriu na juventude. Se assim fosse, teria morrido aos 21 como previram seus médicos. Ele deixou também um pensamento sobre o fim: “não tenho medo da morte, mas eu não tenho pressa de morrer. Tenho tantas coisas para fazer antes”. Ah, meu caro, e como você fez. Obrigado!

Festival do Forte Forever
Éramos jovens, a vida deslumbrante
em nossas roupas o tempo celebrado
cabeça ao vento, o passo descuidado
olhar armado no futuro de um instante

A poesia, o nosso rumo doravante
verso e reverso no avesso, o outro lado
recosturando os estilos do bordado
e aproximando o presente do distante

Quarenta anos das primeiras passeatas
de comunhões e diferenças democratas
as oficinas de sonhos tão profundos

Hoje ainda somos os sacos de batatas
e de areia cercando velhas casamatas
no mesmo palco do nosso fim de mundo.

Zé Dias

Na terça-feira, o produtor musical Zé Dias é a atração de uma live no canal do YouTube do Sesc RN, falando das coisas da MPB e da história contemporânea da música potiguar, que tem nele um capítulo especial. A partir das 19 horas.

Hipócritas


Feministas e quetais bateram panela ontem e postaram mensagens lamentando crianças em risco de vida em Manaus. As mesmas que há poucas semanas comemoraram o assassinato de bebês na lei do aborto na Argentina.

Pedofilia

Eles avançam com retóricas acadêmicas, com argumentos psicanalíticos e sociológicos. Quanto mais próxima a gestão Biden nos EUA, mas os pedófilos expõem sua defesa. Um deles é filho de um desembargador do Amazonas.

Desfalque


Há quase um mês um mistério segue sem resolução. Uma transferência bancária por ordem judicial, no valor de mais de R$ 300 mil, sumiu da conta de um aposentado beneficiado num precatório e ninguém na Caixa sabe explicar.

Controle


Na véspera do natal, o Parlamento Russo deu apoio à proposta do presidente Vladimir Putin de uma legislação que permite o bloqueio do Facebook, Twitter e YouTube, como existe na China. As big techs desrespeitam as constituições.

Frescura


A picuinha midiática, a briguinha de comadre e as trocas de desaforozinhos afrescalhados, entre o brasileiro Neymar e o espanhol Álvaro, ainda vão terminar virando namoro. Coisa mais besta entre marmanjos ricos e mimados.