Obsolescência programada

Publicação: 2019-04-12 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A segunda montagem do Grupo Bagaceira de Teatro, “O Sr. Ventilador”, apesar de infantil se comunica com público de todas as idades. Trata de amizade, do envelhecer e do descarte de bens materiais e sentimentais: “As pessoas estão consumindo cada vez mais, e se tornando cada vez mais solitárias com todos os excessos da vida moderna”, dispara o produtor Rogério Mesquita. Em cartaz na Casa da Ribeira dias 13 e 14.

Apesar de infantil, “Sr Ventilador” aborda a amizade e a velhice, a partir do descarte de velhos objetos
Apesar de infantil, “Sr Ventilador” aborda a amizade e a velhice, a partir do descarte de velhos objetos

O espetáculo não tem fala, é todo construído a partir da manipulação de objetos, e reflete sobre o consumismo. “É um espetáculo super lúdico, colorido, diverte e faz com que as pessoas levem algo para casa. Tem tudo a ver com o momento atual, onde as pessoas estão isoladas dentro da própria bolha virtual. Falta profundidade nas relações”, destaca.

A história conta a relação de um ventilador com o dono do escritório. Ele é mais que um objeto comum: serve café, cuida da limpeza, organiza documentos e – claro – também apronta muitas aventuras e trapalhadas entre uma tarefa e outra. Mas ele começa a perceber que os dias estão contados quando outros aparelhos começam a ser substituídos. “É um espetáculo para toda a família”, garante Mesquita.

Serviço
“Fishman”, com o Grupo Bagaceira (CE), dias 12 e 13, às 20h, no Barracão Clows, em Nova Descoberta. Ingressos: R$ 20 (inteira)

“O Sr. Ventilador”, com o Grupo Bagaceira (CE), na Casa da Ribeira. Sábado (13) às 17h e domingo (14) às 16h. Ingressos: R$ 30 (inteira)










continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários