ONG divulga e-book sobre artigo do ECA

Publicação: 2020-07-15 00:00:00
O período de quarentena para os alunos da Instituição Atitude Cooperação, que funciona na Zona Oeste da capital potiguar, tem sido produtivo, indo também além das aulas virtuais e apresentações em lives. No mês de julho, ao qual se comemora os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA muitas novidades e materiais são produzidos, desde composições musicais a e-books.

Créditos: DivulgaçãoAlisson Lima, autor do livro disse que se dasafiou na obraAlisson Lima, autor do livro disse que se dasafiou na obra


Em uma construção realizada por colaboradores, alunos e voluntários, nasceu o “Castelo dos Protetores”, um e-book com 103 páginas que possui sete capítulos intitulados de: Castelo dos Protetores, O Livro Guardião, Ella, Pinóquio, Wendy, Aladdin e Direitos Mágicos aos quais abordam, com linguagem fácil e envolvente, o Art. 4º do ECA, que traz “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.”

Com ideia lançada no final de maio e desafiado pelo tempo, o aluno do Projeto ENCENA (teatro), Alisson Lima, sentiu-se estimulado a escrever em menos de 50 dias o material. Montada a força-tarefa com os alunos Nirlando Messias, Érica Beliza, José Rairône – todos do mesmo projeto -  e Simone Soares, do Tocando a Vida com D’Amore (música), trabalhando nas sugestões da criação, além de Daniele Castilhos (psicóloga) e Karin Villatore (voluntária), que ficaram responsáveis pela revisão dos textos. E, sob os olhares e cuidados atentos de Jeane Fonseca, assistente social da Instituição, o projeto foi ganhando formato e já na primeira quinzena de julho está com a sua publicação disponível para download gratuito no site da Atitude. Confira o e-book.

“Esse material é importantíssimo, principalmente na atual conjuntura de isolamento social, em que precisamos trabalhar junto aos jovens sobre a importância do ECA; e fazer esse e-book chegar até eles, nos deixa imensamente felizes. Ainda mais se tratando de um material feito por um jovem da própria comunidade. Enaltecer o potencial deles é fundamental no processo de formação de cidadãos conscientes do seu papel na sociedade”, elucida Jeane Fonseca.

O autor do livro virtual, Alisson, comenta “A concepção do Castelo dos Protetores me faz refletir sobre minha evolução com a escrita em si. Mais uma vez, a partir da Instituição, surgiu uma oportunidade de me desafiar a crescer e a me aprimorar naquilo que gosto de fazer. Não posso dizer que o processo de criação foi fácil, apesar de a ideia da história ter brotado rapidamente em minha cabeça, tive algumas dificuldades para passá-las ao ‘papel’. E também uma das principais motivações, além de os 30 anos do ECA, foi ter, através da história, homenageado os meus próprios “Protetores” e não foram poucas as pessoas que contribuíram para o material se erguer, assim, aproveito para agradecê-los por tudo”.

E os alunos Nirlando Messias e Érica Beliza também emergiram suas veias artísticas e compuseram, em homenagem ao mês comemorativo dos 30 anos do ECA, o rap Realidade da Criança, disponível no @atitudecooperacao. Confira nossas redes sociais e veja tudo que vem sendo abordado sobre o tema.  




Leia também: