Natal
Onze municípios terão o apoio das Forças Armadas
Publicado: 00:00:00 - 17/12/2015 Atualizado: 00:11:36 - 17/12/2015
Marcelo Filho
Repórter

Representantes das secretarias de saúde dos 167 municípios do Rio Grande do Norte se reuniram na tarde de ontem (16), durante realização da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). Os gestores discutiram a adesão dos municípios que desejam receber o contingente oferecido pelas Forças Armadas para auxiliar os agentes de endemias no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e a zika.

Em princípio, nove municípios deverão ser contemplados com o reforço: Natal, Parnamirim, Macaíba, Ceará-Mirim, Mossoró, Assu, Caicó, Pau dos Ferros e Santa Cruz. As cidades são consideradas prioritárias pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) por apresentarem alta infestação predial, déficit em agentes de endemias e por representarem 80% dos casos de dengue no Estado.

O auxílio das Forças Armadas poderá ser solicitado pelos municípios caso haja as condições necessárias para receber os militares. Isto porque cada cidade deverá oferecer como contrapartida os custos ligados a alimentação, transporte e alojamento dos militares.

De acordo com Valter Luís dos Santos, técnico de controle setorial da Sesap, todos os municípios demonstraram interesse no apoio militar. “Alguns municípios mais distantes pediram mais tempo para definirem os planos de logística, mas nenhum deixará de receber o reforço”, afirmou Valter, que também informou que os municípios de Apodi e Tangará também solicitaram a presença do efetivo.

Homens e mulheres, sendo 300 militares do Exército e 200 da Marinha, estão à disposição. Já a Aeronáutica, de acordo com Valter, deverá fechar parceria com Parnamirim para disponibilizar o efetivo de 175 militares na cidade.  Já Caicó deverá receber 300 soldados do Exército.

Conforme o técnico, Natal ainda não precisou o quantitativo para reforço devido ao plano que a Secretaria Municipal de Saúde deverá executar no próximo mês com agentes próprios. Na próxima segunda (21), haverá reunião entre representantes do Município, do Estado e das Forças Armadas para definir o quantitativo. O contingente passará por capacitação da Sesap nos dias 22, 23, 29 e 30 deste mês. Serão dois militares por cada agente, que iniciarão as atividades a partir do dia 4 de janeiro.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte