Operação integrada combate o tráfico de drogas no RN

Publicação: 2021-01-13 00:00:00
Uma operação de combate ao tráfico de drogas e armas, porte ilegal de arma de fogo, contrabando e receptação de bens foi deflagrada na manhã desta terça-feira (12) na Região Metropolitana de Natal. Denominada Operação Concórdia, a ação reuniu aproximadamente 230 policiais e agentes públicos da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Receita Federal e Marinha.

Créditos: PF/RNAgentes federais de segurança realizaram investigações na comunidade do Mosquito, em NatalAgentes federais de segurança realizaram investigações na comunidade do Mosquito, em Natal

De acordo com a Polícia Federal, as ações se concentraram no Porto de Natal e no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves. Além disso, agentes também atuaram na Comunidade do Mosquito, na zona Oeste de Natal, considerada um dos pontos estratégicos em Natal, e em rodovias federais, zonas costeiras e rios navegáveis.

Nas proximidades da ponte de Igapó, onde está localizada a Comunidade de Mosquito, o trânsito ficou lento no fim da manhã e era possível ver um grande número de viaturas, além de um helicóptero e um drone que davam apoio à ação. Ainda não há detalhamento sobre o número de pessoas presas e nem se houve apreensões. Segundo a Polícia Federal, as ações coordenadas seguem nos próximos dias.

Confronto
A Polícia Militar registrou duas ocorrências de confronto armado com criminosos na tarde desta terça-feira (12). Os dois casos ocorrem na Grande Natal, um em Extremoz e outro na capital potiguar. Dois bandidos foram alvejados, não resistiram aos ferimentos e morreram. Um deles foi apontado pela PM como suspeito de matar o sargento Francisco Edmilson da Silva, de 52 anos, no mês passado.

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi mobilizado a Extremoz para capturar um suspeito que estaria andando armado pelas ruas e integraria uma facção criminosa. No encontro entre policiais e suspeito houve troca de tiros e o criminoso acabou morrendo. Teria sido ele que assassinou a tiros o sargento Francisco Silva no estacionamento de um supermercado da zona Norte de Natal, segundo a PM. A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Extremoz.

A outra troca de tiros foi registrada na Avenida Santarém, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte de Natal. Um suspeito foi morto pelo efetivo do 4º Batalhão da Polícia Militar Uma pistola calibre ponto 380 foi apreendida na ação.










Leia também: