Operação prende 14 pessoas, nove delas no RN

Publicação: 2017-07-25 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Quinze mandados de prisão e 29 mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 7ª Vara Criminal para a deflagração da Operação Cidade Luz. Dos 15 mandados de prisão (treze temporárias e duas preventivas), 14 foram cumpridos: nove pessoas foram detidas no RN e cinco em Pernambuco.

As ações, que contaram com apoio de 117 homens da Polícia Militar, investigam possíveis desvios no valor total de R$ 22 milhões em contratos firmados de 2013 a abril deste ano, entre a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) de Natal e empresas que prestam serviço básicos de expansão e manutenção na rede de iluminação pública; incluindo serviços em datas especiais como decoração natalina, de Carnaval e as vias onde foram criadas alamedas para prática de esportes como caminhada.

Promotor Giovanni Rosado detalhou os esquemas da fraude
Promotor Giovanni Rosado detalhou os esquemas da fraude

A Operação cumpriu mandados judiciais em Natal e Parnamirim, além das cidades pernambucanas de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e na Ilha de Fernando de Noronha. Os gabinetes do vereador Raniere Barbosa, atual presidente da Câmara Municipal de Natal, e a sede da Semsur foram alvos dos mandados de busca e apreensão.

Três promotores do MPRN – com apoio de duas viaturas da PM – iniciaram, por volta das 5h20 de ontem, o cumprimento dos mandados de busca e apreensão na Câmara Municipal de Natal, onde recolheram documentos, termos de contrato, e dispositivos portáteis de memória eletrônica (pen-drives) nos dois gabinetes ocupados por Raniere Barbosa – um do próprio mandato de vereador e outro  da presidência da CMN. A equipe permaneceu até às 8h20 no local.

Ainda na parte da manhã, a sede da Semsur também recebeu a visita de cinco promotores que contaram com apoio de três viaturas da Polícia Militar. O local foi esvaziado para busca e apreensão de documentos. Quanto ao mandado de prisão não cumprido (em nome de Adelson Gustavo Coelho Ponciano), que não foi localizado pela polícia, o MPRN informou que familiares dele garantiram que ele irá se apresentar espontaneamente.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários