Esportes
Pandemia eleva preço do ingresso
Publicado: 00:00:00 - 24/09/2021 Atualizado: 21:12:56 - 23/09/2021
A pandemia de coronavírus está sendo controlada, mas passou a provocar um efeito sensível para os clubes e que está se refletindo no valor dos ingressos para os jogos. O torcedor que passou 18 meses afastado das praças esportivas potiguares, terá de gastar mais para acompanhar as partidas do seu clube. O primeiro grande exemplo desse novo tempo será o confronto entre América x Moto Club-MA, pela terceira fase da Série D, onde os valores cobrados para o setor Premium é de R$ 200 e para o setor leste inferior será de R$ 100. Os valores terão desconto de 50% para idosos, estudantes e o torcedor que apresentar um bilhete do próximo sorteio da Timemania, tendo o Alvirrubro como clube de coração.

Alex Régis
Funcionários iniciaram o trabalho de interdição das cadeiras que não poderão ser usadas na Arena

Funcionários iniciaram o trabalho de interdição das cadeiras que não poderão ser usadas na Arena


O diretor de marketing do América, Antônio Neto, reconhece que o custo do futebol aumentou muito para os torcedores, mas destaca que como o aparato de controle exigido vai passar para o borderô da partida, não há como o América não repassar esses custos para os ingressos. Na temporada de 2019, o torcedor chegou a pagar R$ 15 reais para os jogos do Brasileirão.

“O futebol está tendo de se adaptar aos novos tempos depois dessa pandemia. As exigências de segurança para abrir o estádio para o público passaram a ser grandes demais e isso acaba se refletindo no valor dos ingressos. De nossa parte, estamos fazendo o máximo para deixar os valores num preço acessível, só que não temos como arcar com os aumentos de gastos sozinhos. Isso não é só aqui, está ocorrendo em todas as praças que foram reabertas para o público, os únicos que estarão livres dessa majoração no preços dos ingressos serão os sócios e os sócios torcedores do América, que possuem o direito ao livre acesso e por portões exclusivos”, afirmou Neto.

   Com apenas um terço da arena liberada para o público, o trabalho de isolamento dos locais que não poderão ser comercializados já iniciou. Apesar de todo o aparato de segurança montado, para que nada fuja, o presidente do América, Ricardo Valério, pede a colaboração do torcedor, uma vez que a partida na Arena das Dunas será uma das primeiras abertas ao público, após a liberação da CBF e haverá um foco muito grande na praça esportiva, que já abrigou jogos da seleção brasileira e da Copa do Mundo.

“Todos já estão habituados a conviver dentro das normas de segurança para evitar a propagação da convid, então solicito ao nosso torcedor para cumprir todas essas normas dentro da Arena das Dunas. Não será permitido a ninguém ficar sem a máscara e muito menos a realização de qualquer tipo de aglomeração. Essa partida tem de servir de exemplo para que as autoridades não voltem a encarar o futebol como uma atividade de risco. A espera já foi muito longa e precisamos contar com o apoio de todos”, destacou Ricardo Valério.

O gerente de operações da Arena das Dunas, Matheus Gurgel, explicou que o esquema montado para que não haja uma aglomeração grande pessoas no entorno da praça esportiva, será semelhante ao da Copa do Mundo, só terão acesso à área aqueles que estiverem munidos do ingresso nominal com o documento de identificação.  

“Temos uma preocupação grande com a questão da aglomeração, sabemos que o torcedor é habituado a chegar em cima da hora do espetáculo e pedimos que ele antecipe um pouco essa chegada. Os portões estarão abertos duas horas antes da partida e quero lembrar que haverá um grande serviço de checagem. Poderemos vencer um total de 9.437 ingressos, mas optamos por só abrir a venda de um setor, quando a do anterior já estiver esgotada. Todos os portões desses setores liberados estarão abertos para que o torcedor tenha acesso as arquibancadas”, destacou.

Não será permitido o acesso de crianças menores de 12 anos, bem como a venda direta de bebidas nos bares. Pensando em evitar aglomerações, os locatários poderão disponibilizar equipes de vendedores ambulantes para atender ao público. O piso dos banheiros será sinalizado indicando a distância mínima entre os usuários, assim como o das filas nas catracas de acesso a Arena das Dunas. O torcedor poderá ter acesso a praça esportiva até o final do primeiro tempo da partida entre América x Moto Club.

“Nós estamos imaginando que a troca do voucher pelos ingressos seja realizada até o final do expediente do sábado para que domingo não exista nem sinais de torcedores atrasados nessa área externa da Arena das Dunas. Não podemos ter fluxo dessa demanda no dia do jogo. É importante salientar que o pessoal chegue cedo, pois vai ocorrer esse contato com a segurança antes da liberação do acesso”, frisou Antônio Neto.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte