Parque da Cidade está inserido no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação

Publicação: 2011-09-09 14:11:00 | Comentários: 3
A+ A-
O Parque Natural Municipal da Cidade do Natal Dom Nivaldo Monte, mais conhecido com Parque da Cidade foi inserido no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação (CNUC), do Ministério do Meio Ambiente (MMA). O anúncio foi feito na última terça-feira, 6 de setembro, pelo MMA ao Diretor de do Departamento Conservação e Recuperação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), José Petronilo da Silva Júnior.

A inclusão do Parque no Cadastro representa a inserção definitiva da unidade na concorrência por uma dasvagas destinadas ao RN pelo programa Parques da Copa do Governo FederalDe acordo com José Petronilo, a inclusão do Parque da Cidade no Cadastro Nacional representa a inserção definitiva da Unidade de Conservação, na concorrência por uma das três vagas destinadas ao Rio Grande do Norte pelo programa Parques da Copa do Governo Federal. “O programa prevê ações de marketing e divulgação das unidades de conservação das cidades-sede da Copa 2014, durante os jogos”, explica.

O foco do programa é demonstrar por meio dos parques naturais, o ecossistema das cidades-sedes. A iniciativa está dentro das medidas propostas pelo Governo Federal para fazer da Copa no Brasil a mais sustentável. Ainda segundo ele, “No final do mês passado estivemos em Brasília, em reunião com representantes do Departamento de Áreas Protegidas do MMA, para finalizar as pendências existentes e apresentar a documentação necessária para que o Parque fosse validado do Cadastro Nacional”, acrescenta.

A efetivação do cadastro só foi possível devido a documentação apresentada ao Ministério, com o Decreto que adaptou a nomenclatura do Parque da Cidade ao Sistema Nacional de Unidades de Conservação, e os recentes títulos de propriedade (escrituras públicas) da área em que o Parque está localizado, assinados no final de agosto.

O Parque da Cidade possui uma área de 132,36 hectares e está situado na Zona de Proteção Ambiental 1 (ZPA-1), entre os bairros de Candelária e Cidade Nova. Com uma rica biodiversidade de espécies remanescentes de mata atlântica, e de animais mamíferos, répteis e pássaros, o Parque foi idealizado com o objetivo de preservar uma das principais áreas de recarga de aqüífero de Natal.

A estrutura do Parque abrange dois estacionamentos (Leste-Oeste), dois pórticos de entrada, cinco trilhas pavimentadas (6,5 km), quatro unidades de descanso, quatro baterias de banheiros, biblioteca, auditório, centro de educação ambiental, memorial da cidade e mirantes.

Com informações da PMN

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • rosanemalveira

    Parabéns para nossa Cidade do Natal, uma grande conquista, para nós Natalense, e nossa Natureza agradece, Obrigado Carlos Eduardo, você nos deu um grande presente, com este empreendimento belíssimo.

  • maxrh

    Esse parque deve ser incluído dentre as obras inacabadas e abandonadas dos políticos medíocres.

  • deuto_lima

    É tudo muito bonito, mas saneamento básico que é bom, NADA NÉ ?? Taí .. todos os bairros em torno do parque nem se quer tem drenangem. Uma vergonha !