Pausa para café e leitura em Nísia

Publicação: 2020-03-13 00:00:00
Entre uma folheada e outra, a pausa para um cafezinho cai muito bem, com muitos livros em volta. Localizada no bairro do Tirol, a Manimbu é a única livraria de rua na capital potiguar. Fruto de uma parceria entre a Fundação José Augusto (FJA) e a organização UniLivreira, é um espaço cheio de charme que convida à pausa e ao encontro através de seu Café Nísia. Além disso, a livraria conta com uma agenda movimentada.

Créditos: Magnus NascimentoCelebração da poesia e da literatura neste final de semanaCelebração da poesia e da literatura neste final de semana


“É importante para uma livraria contar com um espaço de convivência. Além de olhar as estantes e conferir os livros, muita gente gosta de sentar pra dar uma lida, puxar conversa, falar sobre os livros e também sobre o cotidiano. A livraria de rua tem essa característica”, afirma Aluísio Azevedo, diretor da casa, que inaugurou em novembro do ano passado.

Uma curiosidade: o café, no começo, se chamava Navarro. Mas uma iniciativa de escritoras que freqüentam o local fez o nome mudar para Nísia, em homenagem à potiguar pioneira da literatura e do feminismo brasileiro no século 19. “Todo mundo concordou. A representatividade é importante. E livraria hoje em dia virou espaço de resistência, tanto da literatura quanto do pensamento”, diz. Aliás, o clube de leitura Mulherio das Letras realiza encontros mensais por lá.

O café faz parte do ambiente, com balcão e algumas poucas mesas e cadeiras ao lado.  O cardápio é básico, com café expresso, sucos, água de coco, refrigerante, cervejas artesanais, destilados, e bolos (da moça, de ovos, recheados) para acompanhar. A administradora Lívia Uchoa ressalta que em dia de eventos o cardápio ganha uma caprichada, incluindo bolos de pote, rocamboles, torta de chocolate, doces e salgados folhados, entre outras guloseimas. Os eventos têm apoio do grupo 3 Corações/Santa Clara, o café da casa.

A livraria conta com um acervo da mais de cinco mil títulos, entre clássicos e lançamentos, dos mais variados segmentos literários (do romance à poesia passando por história, sociologia e quadrinhos), entre autores nacionais, internacionais, e locais. A produção literária potiguar conta com uma boa presença no local, já que a FJA  tem um espaço exclusivo para suas publicações. “É impressionante, pois os livros potiguares correspondem a 50% das vendas por aqui. Já tive livraria e nunca tinha visto isso antes”, afirma Aluísio.

Créditos: Magnus NascimentoAluísio Azevedo compartilha com Lívia Uchoa o espaço de livros e lanchesAluísio Azevedo compartilha com Lívia Uchoa o espaço de livros e lanches


Dia da Poesia
A Livraria Manimbu recebe muitos eventos literários, e destaca neste fim de semana as celebrações ao Dia da Poesia. O sábado será todo da poesia, começando com uma alvorada musical às 8h30, ao som do poeta e músico Wesley Gama, banda DEP com o show “Belchior – Divino Andante”, e três lançamentos de livros de autores locais. O cafezinho e os quitutes vão harmonizar bastante com as atividades.

Serviço:
Livraria Manimbu e Café Nísia. Rua Açu, 666 A, Tirol. Aberto de segunda a sexta das 11 às 19h, e sábados das 10 às 17h. No Instagram: @livrariamanimbu