Cookie Consent
Natal
Pedra do Rosário passará por manutenção no início de junho
Publicado: 00:00:00 - 21/05/2022 Atualizado: 23:17:36 - 20/05/2022
Um serviço de manutenção da Pedra do Rosário, localizada na zona Leste de Natal, será realizado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura (Semov). Segundo o secretário adjunto de conservação, Diogo Alexandre, o setor está programando a logística de equipamentos e pessoal, com prazo para início dos trabalhos em 15 dias. O escultor Emanoel Câmara, autor da estátua de Nossa Senhora da Apresentação, será responsável pela remoção e restauro da peça. No entanto, essa ação não faz parte da requalificação maior planejada para o local. Tal processo é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), que ainda trabalha para obter as licenças ambientais necessárias. 

Magnus Nascimento
Restauração da estátua de Nossa Senhora da Apresentação será feita por Emanoel Câmara

Restauração da estátua de Nossa Senhora da Apresentação será feita por Emanoel Câmara


Emanoel Câmara, artista responsável pela estátua de Nossa Senhora da Apresentação presente na área, vai realizar o processo de retirada e restauro. Em reunião nesta quarta-feira (18), a questão foi definida com a anuência das secretarias municipais de Cultura (Secult/Funcarte) e Obras Públicas e Infraestrutura (Semov). “Sou eu que vai fazer a remoção. Eles vão me dar a estrutura para trabalhar, com um guindaste e andaimes, já que a imagem está em uma altura de dez metros. É um trabalho bem complexo e delicado”, diz.

Após a remoção, a estátua será transferida para o Centro Cultural Capitania das Artes na Av. Câmara Cascudo, bairro de Cidade Alta, e vai permanecer por lá até as obras de reforma serem concluídas. Em março deste ano, parte da imagem foi danificada. “Utilizei o calcário para construir a estátua e vou usar a mesma pedra para reparar a mão de Nossa Senhora. Além disso, não vi mais nenhum dano, só algumas fissuras. Ainda não tenho data, mas acredito que devem entrar logo em contato”, finaliza o escultor.

A Sempla é responsável, juntamente com as pastas municipais de Mobilidade Urbana (STTU) e Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), pelo projeto de requalificação da Avenida do Contorno, Pedra do Rosário e a Avenida Tavares de Lira. “A intenção é criar uma área de contemplação para o Rio Potengi. Conforme o planejado, a avenida do Contorno ganhará praças, nova iluminação e terá toda parte viária requalificada. Teremos um Cais requalificado. Obras essas que também vão abranger a Pedra do Rosário, espaço não só religioso como também turístico”, comenta Joanna Guerra, titular da pasta de Planejamento.

Com licitação inicialmente prevista para janeiro deste ano, a secretária explica que o atraso se deu pelo recebimento de uma complementação de recursos para a obra, no valor de R$ 8.617.337,00, que demandou alterações no projeto. Também confirma que  as obras da Pedra do Rosário e entorno continuam em processo de autorização, tanto pelo IDEMA (Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte) quanto pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

“É uma obra complexa, mas que está cumprindo o fluxo processual normal. A expectativa é que a licitação e o início das obras ocorram ainda este ano. Captamos um montante de  R$ 28.700.478,00 junto ao Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR)”, diz a secretária. Para ser licitada a obra precisa ter as autorizações dos órgãos competentes. Com essas autorizações, toda documentação irá para análise e aprovação da Caixa Econômica. Somente cumprido esse rito, o município é liberado para marcar a licitação. O valor só se conhece após a conclusão do processo licitatório.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte