Pesquisa sobre ensino técnico

Publicação: 2019-12-14 00:00:00
A+ A-
Anote - Tadeu Oliveira
tadeuoliveira@tribunadonorte.com.br

Em tempos de economia arrefecida, os cursos técnicos continuam sendo uma boa alternativa para quem está em busca de emprego. Levantamento realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) com alunos que concluíram cursos técnicos em 2017 revelou bons índices de empregabilidade no ano seguinte, com média de 72,6%. Há, ainda, setores em que, de cada dez formados, oito se colocaram em vagas de sua qualificação. É o caso dos setores de Meio Ambiente – dos cursos de técnico em Controle Ambiental e em Saneamento – e em Tecnologia da Informação, para a qual se formam técnicos em informática e em programação de jogos digitais.

Resultado
De acordo com a Pesquisa de Acompanhamento de Egressos do Senai, painel 2017-2019, 86,8% dos alunos que se formaram em cursos técnicos na área de Meio Ambiente encontraram emprego durante ou após a realização do curso. Para cursos técnicos na área de Tecnologia da Informação, o índice de alunos empregados no mesmo período foi de 86,4%, seguido pelos setores de Logística, com 72,9%, e de Segurança do Trabalho, com 71,4%.  Estudo revela, ainda, que taxa de empregabilidade supera 80% entre profissionais que concluíram cursos, em 2017, em áreas como meio ambiente e tecnologia da informação.

Contação de história
O Museu Câmara Cascudo promove uma sessão de contação de histórias com Bárbara Cristina, aluna no Departamento de Artes (Deart) da UFRN, no próximo final de semana. A história a ser apresentada é O pescador, o anel e o rei. A contação acontece hoje, sábado (14), às 16h, no Parque do MCC, com entrada gratuita.Coletada por Câmara Cascudo no repertório popular e retraba­lhada por Bia Bedran, a fábula conta a história de um pescador posto à prova num desafio envolvendo um rei e um anel. Nela, são reveladas as consequências das ações e atitudes diante da vida. O Museu Câmara Cascudo funciona na Av. Hermes da Fonseca, 1398, no bairro do Tirol.

Aluísio Viana
Finalmente o prefeito Túlio Lemos anuncia o nome do novo secretário de Educação e da Cultura de Macau. A pasta passará a ser comandada pelo jornalista, mestre em engenharia da produção, psicólogo em formação e servidor aposentado da UFRN, Aluísio Viana de Sousa. Ele substitui a professora Eliane Han.

SBPC
A UFRN abre chamada pública para instituições públicas e privadas que tenham o interesse de contribuir com a produção científica da 72ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O maior evento científico da América Latina acontecerá de 12 a 18 de julho de 2020, no campus central da UFRN, em Natal. As propostas de apoio devem ser entregues até o dia 20 de dezembro de 2019.
 
Escola cívico-militar
Assunto que não vai deixar de ser comentado – defendido e detestado - no próximo ano letivo será a implementação das escolas cívico-militares. O MEC iniciou na última terça-feira (10) a primeira capacitação do programa que contará com 216 escolas até 2023 — somente no próximo ano, serão 54. O modelo foi desenvolvido para promover um salto na qualidade educacional do Brasil. O Estado do Rio Grande do Norte não aderiu ao projeto, mas vários municípios potiguares sim, inclusive Natal.

Precisa avançar
Apostas começam ser feitas sobre a permanência de Abraham Weintraub no Ministério da Educação para 2020. O ano letivo acabou e quase nada avançou na pasta de um dos mais importantes segmentos do governo: a educação. O MEC precisa de um gestor focado em seus projetos, em metas já programadas.