PF fará exame para detectar se suspeito de matar advogado tem pólvora nas mãos

Publicação: 2011-06-01 20:07:00 | Comentários: 0
A+ A-
O homem detido pela Polícia Militar no início da noite desta quarta-feira (1º), suspeito de participação no assassinato do advogado e empresário Anderson Miguel, vai passar por um exame residuográfico para detectar se tem pólvora nas mãos, o que indica se a pessoa utilizou arma de fogo. O suspeito está na sede da Polícia Federal, em Lagoa Nova, onde também será feita uma acareação com as pessoas que viram o assassino de Anderson Miguel.

Pouco após a chegada da Polícia ao local onde Anderson Miguel foi morto, policiais da Rocam prenderam um suspeito próximo ao forno do lixo, no Planalto. Ele estava em um Fiat Siena, branco, que pode ser o carro utilizado pelos criminosos após a execução em Lagoa Nova.

Ao todo, três pessoas farão a acareação com o suspeito para identificar se é ele o homem que efetuou os disparos contra a cabeça de Anderson Miguel, que matou o empresário dentro do próprio escritório de advocacia.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários