Planeta Casa

Publicação: 2019-05-22 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Ramon Ribeiro
Repórter

Trazer as pessoas para perto umas das outras com espaços que estimulem o estar junto. De modo geral, é esse o desafio proposto para os arquitetos que integram a 5ª edição da Casacor Rio Grande do Norte, franquia potiguar da maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas. O evento vai acontecer de 4 de setembro à 20 de outubro, novamente no Aeroclube (Tirol) – assim como aconteceu na edição passada, em 2017. O tema deste ano é “Planeta Casa” e segue a linha temática das edições nacionais e internacionais da mostra.

O ponto central e o investimento realizado na reforma de 2017 foram determinantes para a Casa Cor  2019 retornar ao Aeroclube de Natal. Este ano, o local terá áreas maiores e trará inovações
O ponto central e o investimento realizado na reforma de 2017 foram determinantes para a Casa Cor 2019 retornar ao Aeroclube de Natal. Este ano, o local terá áreas maiores e trará inovações

“Queremos provocar os profissionais para que promovam a aproximação entre as pessoas, que enxerguem a casa com uma visão de morar bem, com conforto, mas sem perder de vista o receber bem”, afirma o artista visual e arquiteto Cesar Revorêdo, que ao lado do empresário Luciano Almeida, comanda a Casacor RN. Os dois apresentaram ontem (21) os primeiros detalhes da edição 2019 da mostra num café da manhã com os arquitetos no próprio Aeroclube.

Para fazer valer o investimento de 2017 feito na recuperação do prédio do Aeroclube, os organizadores ocupam novamente o espaço, disponibilizando 31 ambientes, assim como da vez passada, mas com áreas maiores e trazendo novidades. “A experiência da edição passada foi muito boa. Aqui é um lugar central, de fácil acesso para o público, a estrutura do prédio está ótima. Então estamos aqui novamente”, diz Luciano Almeida. “Estamos com 31 ambiente, mas atendemos à demanda dos arquitetos. Eles queriam espaços maiores, até porque o trabalho é mesmo. Então vai aparecer muito trabalho bom por ai”.

Os visitantes poderão ver ambientes decorados como sala de jantar, suite da filha, home office , sala de café, loft da jovem contemporânea, living de entrada, living íntimo, suíte da longevidade, quarto do bebê, estúdios, lounge de recepção, home theater, varanda, fachada, adega. Uma novidade é o Le Plat (cozinha de charme), segundo Cesar Revorêdo, uma tendência do mercado. “Percebemos uma tendência que é a de cada vez mais homens estão comprando cozinhas. Aquele espaço antes tão ocupado por mulheres hoje virou um ambiente masculino, onde o homem se encontra com os amigos depois do trabalho ou no fim de semana. Então estamos levando essa ideia para a Casacor”, anuncia o diretor do evento.

Outra novidade desta edição é a presença de um restaurante, no caso, o Curió. O estabelecimento integra a área funcional da mostra, que ainda conta com bar, café, lojas e banheiros. E, ressaltando o foco no convívio social, há também a área de convivência, que será assinada por Luciano Almeida. “Será um espaço de eventos, para convivência, em que o público vai poder mexer na movelaria, fazer um happy hour”, explica Luciano. “Sentimos falta desses espaços no urbanismo da cidade. É uma forma da gente estimular uma reflexão quanto a isso”.

Luciano também comenta sobre o desejo de renovar o público do evento. “A Casacor é o ambiente de quem tem a arquitetura como estilo de vida, pessoas que estão decorando suas casas e se interessam por decoração. Mas também pensamos muito no público jovem, naquelas pessoas que não necessariamente são clientes, mas que apreciam a arte, o belo, a arquitetura. Nossa missão é educar também”, conta o diretor da mostra.

Luciano Almeida e César Revorêdo coordenam Casa Cor RN
Luciano Almeida e César Revorêdo coordenam Casa Cor RN

Criatividade com sustentabilidade
De acordo com Cesar Revorêdo, a Casacor é o maior e mais inspirador recorte da arquitetura do RN. Resumindo com as suas palavras, “é um laboratório de criatividade”. Mas ele cita que alguns aspectos estão na essência da mostra, como a preocupação com a sustentabilidade – segundo César, algo que é cada vez mais forte no mercado.

“A Casacor  propõe o morar bem, receber bem as visitas, celebrar com a família e amigos, sempre numa atmosfera acolhedora, sem perder de vista o conforto, tecnologia, beleza, e tudo em harmonia com o meio ambiente e a sustentabilidade”, comenta Cesar, lembrando que os descartes das obras serão doados para instituições de caridade.

Programação
A Casacor RN acontece entre os dias 4 de setembro e 20 de outubro. Os ingressos custam R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia), ou R$ 100 (passaporte ilimitado). Nos 45 dias da mostra, diversas ações estão previstas, com programação preparada pela própria Casacor e pelos fornecedores. As atrações ainda não estão confirmadas, mas, segundo Cesar, podem variar de palestras à apresentações de dança e teatro, passando por exposições e lançamentos de livros.








continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários