Plano de reestruturação

Publicação: 2019-05-15 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

A equipe econômica do Ministro da Economia Paulo Guedes, em resposta a governadores, vai apresentar o Plano Mansueto, de reestruturação das dívidas,  que permitirá aos estados ter mais crédito para pagar funcionários, fornecedores e outras despesas. Os governadores encaminharam várias demandas. O texto de recuperação das finanças dos estados está pronto. Pelo que se sabe vem com exigência da contrapartida.  O  governo quer um ajuste fiscal dos estados, com as garantia do equilíbrio das contas públicas estaduais. Vender estatais, fazer a fusão de empresas e manter os gastos com “rédeas curtas”.

Reforma
Ontem, o ministro Paulo Guedes, da Economia, fez outra declaração do tipo catastrófica: “"Estamos à beira de um abismo fiscal", ao falar no Congresso sobre o orçamento de 2020. Se for mesmo assim, o País vai levar muitos anos para controlar e reduzir a dívida. O próprio governo já trabalha com um PIB de 1,5% em 2019.

Retração (I)
O Indicador Antecedente Composto da Economia Brasileira (IACE), publicado em parceria entre a FGV IBRE e The Conference Board (TCB), caiu 0,1% em abril, para 116,6 pontos. Apenas dois dos oito componentes contribuíram para a queda no mês, com destaque para o Índice de Expectativas do Consumidor, com recuo de 2,7%. O momento da economia é de “viés de baixa”.

Retração (II)
O setor de serviços registra queda, em março, mas a Confederação Nacional do Comércio (CNC), mantém a previsão de crescimento dos serviços em 2019. O resultado de -0,7% no volume mensal de receitas dos serviços indica trimestre perdido para o crescimento da economia. Já as vendas da indústria de materiais de construção caíram 1,8% em abril.

Contingenciamento
O secretário da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Júnior, afirmou ontem que o segundo contingenciamento no Orçamento federal deverá ficar bem abaixo do primeiro, que foi de cerca de R$ 30 bilhões. O valor a ser contingenciado é diretamente associado à revisão paramétrica da taxa de crescimento do PIB, disse. O governo do RN poderá adotar também uma medida igual, se a receita cair mais.

Economia exige cautela
Na ata da última reunião do Copom, publicada ontem, o Banco Central  cita incertezas e vê risco de queda do PIB no trimestre. Vai atuando com cautela reconhecendo que a economia se recupera, mas em ritmo mais lento. Essa recuperação já está demorada demais, por culpa dos governos que estão endividados, sem capacidade de investimento. O mercado externo também não ajuda, com a guerra comercial China-EUA, entre outros fatores. 

Resultado
O BNDES ganha R$ 11 bilhões no primeiro trimestre, de acordo com o balanço divulgado ontem. Vai devolver uma bolada ao Tesouro Nacional e nem mexe no saco sem fundo das contas públicas? Já a JBS, dos irmãos Batista, passa a ter o maior valor de mercado do agronegócio, R$ 57 bilhões.

Salário
Uma parte dos salários dos servidores do Estado, de maio, será paga hoje (15). O atrasado de 2017, uma das quatro folhas em atraso deixadas pela administração anterior sai no dia dia 31 de maio. São aos servidores estaduais que têm até R$ 12 mil líquido a receber, atendendo a 6.378 beneficiários (85,3% do total), no valor de R$ 15,6 milhões.

Mais forte
Uma parceria vai viabilizar o fortalecimento e a   competitividade de micro e pequenas empresas (MPEs). O Sebrae e o Banco do Nordeste fecharam um acordo para fortalecer a capacidade empresarial e competitividade dos pequenos negócios no decorrer dos próximos três anos. Vai abranger várias áreas.

Solução
Um scanner para descobrir droga entre as frutas exportadas está encaixotado no Porto de Natal, denuncia o secretário de Agricultura, Pecuária e da Pesca, Guilherme Saldanha.  É a solução para o problema das exportações de drogas. O scanner veio do Porto de Suape-PE e está guardado na Codern há pelo menos dois anos e nunca foi instalado por falta de recursos.

Trainee
A ALE Combustíveis abre inscrições para o Programa de Trainee 2019. Os interessados podem se candidatar até 14 de junho às sete vagas disponíveis; seleção é aberta a todos os cursos de graduação. Estudantes que tenham se graduado no intervalo de julho de 2017 a julho de 2019 podem se candidatar.  

Exposição
A CASACOR RIO GRANDE DO NORTE está confirma em sua 5ª edição com o tema “Planeta Casa”, de 4 de setembro a 20 de outubro, no Aeroclube, em ambientes decorados para inspirar  seus visitantes. Os franqueados César Revorêdo e Luciano Almeida anunciam novamente a exposição de 2019.  A expectativa de público para a edição potiguar é de mais de 20 mil visitantes durante os 45 dias de exposição.






continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários