PM/RN manda 778 policiais para reforçar segurança em 120 cidades

Publicação: 2014-10-04 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Nadjara Martins
repórter

O policiamento no interior do Rio Grande do Norte passará por uma operação de reforço neste final de semana. No final da manhã de ontem (3), 778 policiais foram enviados para as mesorregiões do Estado – com exceção do Seridó – para fazer a segurança do pleito eleitoral durante o final de semana. O efetivo fará o transporte e a proteção das urnas, mas também atuará no combate ostensivo aos crimes eleitorais.
Humberto SalesPoliciais Militares receberam as últimas orientações na manhã de ontem, antes do embarque para o interior do Rio Grande do NortePoliciais Militares receberam as últimas orientações na manhã de ontem, antes do embarque para o interior do Rio Grande do Norte

De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Francisco Araújo,  os PMs serão um complemento às tropas municipais. “Serão dois militares para cada local de votação, de acordo com a região que solicitou reforço”, apontou. Cerca de 120 cidades do interior receberão o reforço no policiamento, com das cidades do Seridó.

Dezesseis ônibus fora cedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) para o transporte das tropas para o interior. Ontem de manhã, cerca de 500 policiais se apresentaram ao comando; os demais, segundo o chefe de operações do Comando do Policiamento no Interior (CPI), major Francisco Flávio Melo de Souza, se deslocaram para as unidades por conta própria. Também foram poucos os que faltaram. “Cerca de 20 não se apresentaram e outros 10 apresentaram atestado, mas muitos seguiram direto para o interior”, explicou.

O sistema de segurança começa às 6h da manhã deste sábado. De acordo com coronel Araújo, os policiais receberão as urnas dos Correios quando já estiverem nas escolas e fazem a proteção durante o dia. No domingo pela manhã, as urnas ficam sob domínio dos fiscais eleitorais e os PMs ficam a uma distância de no mínimo 100 metros das escolas. Após às 17h os policiais retornam e fazem a escolta dos fiscais eleitorais para os centros de transmissão do TRE. A operação será repetida nos 1.600 locais de votação do Estado.

O Governo do Estado já depositou parte das diárias operacionais dos policiais. Segundo Araújo, os mais de 700 policiais enviados ao interior, assim como a tropa que permanecerá na Região Metropolitana de Natal, já recebeu o depósito de R$ 300 equivalente às diárias operacionais. Já a alimentação das tropas do interior serão fornecidas pelas prefeituras. Até o momento, R$ 233.950 foi pago aos policiais – na última quinta-feira, porém, o comandante informou à TRIBUNA DO NORTE que o Estado deve gastar R$ 1.427. 400 com as diárias e R$ 190.320 com alimentação.

“Os policiais da região metropolitana recebem amanhã o vale alimentação, no valor de R$ 10 por refeição. Os demais (policiais) recebem as diárias operacionais e vai depender de quem se apresentar”, disse Araújo. 

Região Metropolitana
Natal e região metropolitana concentrarão o maior reforço no policiamento: cada um dos 492 locais de votação receberá dois homens. Além disso, de acordo com Araújo, as cidades também vão contar com o efetivo diário da PM, que fará o policiamento ostensivo. O comando convocou todos os policiais que estavam cedidos ou em cargos administrativos para a operação deste fim de semana, então a previsão é que o estado conte com 9 mil policiais atuando no período. “Se não convocássemos esse pessoal não teríamos como fazer a operação”, pontuou coronel Araújo.

Os policiais não fazem apenas o acompanhamento das urnas. Também estão aptos a atuar no combate aos crimes eleitorais, como compra de voto, transporte de eleitores e divulgação de candidatos no dia da eleição. Segundo Araújo, no caso de crimes eleitorais, os detidos serão encaminhados para estruturas da Polícia Federal nos Institutos Federais do RN (IFRN) das zonas norte e sul de Natal. No interior, os crimes eleitorais são encaminhados para as sedes da PF. Já no caso de crimes comuns, os detidos são enviados para as delegacias de plantão.

Reforço militar
O interior também receberá um reforço de 1.500 militares em 37 municípios, conforme solicitado pela Justiça Eleitoral. Os militares começam a se deslocar para o interior na manhã deste sábado, por volta das 7h.

Estradas
Já a Polícia Rodoviária Federal deflagrou a operação Eleições 2014 na última quinta-feira. Equipes que já atuam nas rodovias federais (BRs), receberão reforço de agentes administrativos e atenção redobrada para reforçar a segurança nas estradas durante o feriadão, além de garantir a normalidade das eleições deste domingo. A operação continua até segunda-feira (6). As BRs 101, 226 e 406 receberão atenção redobrada. Além de coibir os crimes eleitorais, os agentes também ficarão atentos à “Lei Seca”: a comercialização e consumo público de bebidas alcoólicas está proibido das 6h às 18h deste domingo.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários