PM terá 1,2 mil agentes para o Enem

Publicação: 2018-10-31 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Nos dois dias de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Rio Grande do Norte vai contar com um efetivo de cerca de 1.200 oficiais da Polícia Militar, espalhados por todo estado. De acordo com o tenente-coronel Castelo Branco, coordenador operacional da segurança do Enem no RN, só em Natal e na região metropolitana da capital, 492 oficiais vão auxiliar a aplicação da prova, tendo ainda o apoio de 60 profissionais responsáveis pela escolta e fiscalização e outros profissionais ligados à aplicação do exame. O Estado terá 221 locais de prova em 40 municípios.

Provas serão aplicadas em duas datas: 04 e 11 de novembro. 5,5 milhões de jovens farão o Enem
Provas serão aplicadas em duas datas: 04 e 11 de novembro. 5,5 milhões de jovens farão o Enem

De acordo com o coronel, as diárias operacionais dos policiais em atividade são custeadas com recursos do Ministério da Educação, por meio de convênio. Neste ano, o efetivo da PM será maior que o do ano passado, quando 900 policiais potiguares fizeram a segurança da aplicação do maior exame do país. Castelo Branco explicou que houve um reajuste no convênio em virtude do aumento das diárias operacionais no Estado, em fevereiro deste ano, mas não mencionou valores. No Estado, o reajuste dobrou o valor da diária de R$ 50 para R$ 107,40.

“Vamos começar a operar no sábado pela manhã com a interiorização das provas para as cidades-pólo, Caicó, Mossoró, Pau dos Ferros e desses locais elas seguem para os locais de prova. No domingo a gente escolta as provas a partir das 6h. Ficamos com o Centro de Comando e Controle até o fim da operação, quando os Correios, com escolta policial militar, faz o recolhimento dos malotes”, explicou à TRIBUNA DO NORTE, acrescentando ainda que a estrutura será repetida no segundo dia de provas.

O Coronel explicou ainda que em todos os locais de prova haverá detectores de metal, a fim de evitar fraudes e a utilização de recursos proibidos por parte dos candidatos.Apenas o Inep sabe a quantidade exata de equipamentos, informou o coordenador. Aliado a isso, todos os locais de prova terão a presença de policiais militares, em quantidades que variam de 2 a 4 oficiais de segurança em virtude da quantidade de candidatos.

“Nosso Estado é um dos mais tranquilos porque conseguimos manter policiamento em todos os locais no Estado. Ocorrências são bastante raras e geralmente sem serem ligadas à segurança pública. São mais questões ligadas à estrutura dos locais”, comentou.

O coronel acrescentou ainda que, durante o Enem, há uma central fica à disposição para atender ocorrências que possam comprometer o andamento da prova. É o Centro Integrado de Comando e Controle Estadual (CICCE), no qual instituições envolvidas na operação mantém representantes para atender chamados ligados ao Enem.

ENEM
Em uma nova fórmula aplicada desde o ano passado, os alunos farão a prova do Enem em dois finais de semana, diferentemente das versões anteriores, quando os exames eram aplicados em apenas um final de semana.

No próximo domingo (04), os candidatos responderão as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. A aplicação tem cinco horas e trinta minutos de duração. Já no outro domingo (11), serão aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e Matemática e suas Tecnologias, com cinco horas de duração.

Em todo o Brasil, 5,5 milhões de candidatos farão o exame considerado um dos mais importantes a nível nacional. No Rio Grande do Norte, 124.046 estudantes se inscreveram para a prova. O Enem é o principal meio de entrada nas universidades públicas e privadas de todo o Brasil, bem como nos institutos federais espalhados por todo o país.

Os candidatos que prestarão o Enem devem ficar atentos ainda ao local de prova, que podem ser consultados no cartão de confirmação de inscrição, disponibilizados desde o último dia 22 de outubro. A recomendação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) é que o candidato conheça previamente o melhor trajeto para chegar ao local da prova sem imprevistos.

Além do local de prova, o cartão indica ainda o número de inscrição, data e horário das provas, detalhes sobre atendimentos e recursos de acessibilidade - caso solicitado - e o idioma estrangeiro escolhido.

Em caso de problemas a orientação é que o estudante entre em contato com os canais de atendimento do Ministério da Educação (MEC) pelo telefone 0800616161 ou pelo link Fale Conosco, no site da pasta, para que a demanda seja verificada.

O Governo Federal alerta ainda para a manutenção do início do horário de verão, que começará no primeiro dia de prova do Enem, 4 de novembro. O MEC recomenda que os estudantes entrem no ritmo do novo horário, dormindo uma hora mais cedo, cerca de uma semana antes, para não serem prejudicados na hora da prova.

#TNnoEnem

Para ajudar na preparação para o Enem 2018, o #TNnoEnem disponibilizou um simulado online, onde a nota é elaborada de acordo com os critérios que o Ministério da Educação utiliza para pontuar a prova oficial. Os professores do Over Colégio e Curso fizeram a correção da prova ao vivo, disponibilizada em no canal no Youtube da Tribuna do Norte e também no Facebook. O PDF do simulado também está disponível para os estudantes.

O #TNnoEnem é um projeto gratuito da Tribuna do Norte, em parceria com o Sistema SAS e Over Colégio e Curso, com patrocínio da UNI-RN e Natal Card.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários