Pobres moços

Publicação: 2019-11-20 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Rubens Lemos Filho
rubinholemos@gmail.com


Passar 30 anos comendo maminha e, de uma hora pra outra, simplesmente ser obrigado a engolir cebola. Em fiapos, o que mais me enoja. É cebola. Melhor levar um tiro na cara. Cebola é asquerosa. É igual a comparar safra de seleção presente e de ontem.

 A turma  dos 18 anos de hoje, na cronologia, é a “geração-cebola” de Paquetá, Wesley e Artur. Contra o manjar de Zico, Sócrates, César Sampaio, Paulo Cézar Caju, Rivellino, Falcão, Mário Sérgio, Éder, Leandro, Pita, Adílio, Romário, Bebeto, Careca, Geovani do Vasco, Silas e Valdo brilhando quando entrei na maioridade. Quando fiz 18. Quando já estava matriculado na vida.

coluna


Escravocratas da tecnologia, os meninos de hoje nunca arrancaram uma ou duas unhas na pelada da rua de paralelepípedo. Os meninos de hoje adoram futebol se as namoradas estiverem junto e o menos ingênuo da roda elogiar Philipe Coutinho e sua preguiça crônica. Disposição de morto vivo.

 Os meninos atuais preferem brincar de videogame onde jogam contra a televisão. Sensação de quem admira o néscio autor do dejeto musical “Caneta Azul”. São mauricinhos em escolinhas cujos professores entendem de futebol igual a mim palestrando sobre física nuclear ou a guerra contra o Estado Islâmico.

Faltam negros e campinhos nos bairros. Os negros são bem melhores (sempre foram) na cintura elástica e no bailado afro-brasileiro. Na ultima - e parece que será perpétua - Copa do Mundo em 2002, de negro, crioulo legítimo, havia o zagueiro Roque Júnior e o atrevido e driblador Edilson, que jogava brincando, como meia-atacante ou fazendo dupla de ataque.

João Saldanha, o João Sem Medo, jornalista combativo e técnico da seleção brasileira, em 1969, nas Eliminatórias para a Copa do Mundo do  ano seguinte, perdeu o emprego porque o General Garrastazu Médici queria impor o risível Dadá Maravilha entre os 22 do Mundial. Zagallo prontamente aceitou a ordem. Pois João Saldanha dizia: “Onde tem crioulo eu paro par assistir. Crioulo é inventivo, criativo”.

O Brasil tomou há pouco duas traulitadas de nocaute .Uma da Argentina, com Messi fazendo o que todo sensato deveria imitar, ou seja, mandar o técnico Tite calar a boca. No Sub-23, deu Argentina de novo e, no bafejar da sorte, o Sub-17 obteve uma virada faltando poucos minutos para o jogo acabar.

A arrogância dos meninos atuais chega ao ponto de alguns atrevidos chamar a nós, os saudosistas, de antiquados  de velharia. Prefiro meus ídolos ao pior cabeça de bagre do novo século: Paquetá, vestindo a camisa 10. Engenheiro, médico, advogado, auxiliar de escritório, gandula, papa-defunto. Uma dessas profissões cairia bem para Paquetá.

Certo é que o futebol brasileiro - me desmintam - foi enterrado em caixão de chumbo. Por meus olhos, por meus sonhos, por meu sangue, tudo enfim, é que eu peço, a esses moços, que acreditem em mim. Grande Lupicínio Rodrigues, sublime entre as estrelas, desculpe a expropriação dos versos.

Rivaldo 
O gênio Rivaldo, das Copas de 1998 e 2002(foi o melhor), postou no seu Instagram uma crítica a Tite, com fotos de Pelé, Rivelino, Zico, ele, Kaká e Neymar(não merece) condenando o uso da camisa 10 por Paquetá.

Rafael morto 
Um dos melhores, senão o principal goleiro de todos os tempos no Estado, morreu há cinco anos. Descobri pesquisando que Rafael, campeão no Tetra do América, estupendo, se foi quando era olheiro do Inter(RS)em 2014. Triste. Goleiro sobrenatural.

Reapresentação
Do América será hoje às 15h30 no Centro de Treinamento de Japecanga em Parnamirim. O América, dentro do possível, montou um time bem nota 6,5, com destaque para Arez, bom jogador e o meia Wilson, habilidoso.

Fechado 
Nos primeiros dias de apresentação e avaliação, torcedor e imprensa não terão acesso nem no ABC nem no América.

Dione
É a atração do Campeonato Estadual por ter trocado o ABC pelo América. Sem comentários. Dione é Série D. Nosso futebol, idem.

Veron 
Gabriel Veron é excelente, porém ainda não é supercraque. Ele é uma bela hipótese para o futuro. Não se deve estragar o menino nascido no Rio Grande do Norte e melhor da Copa Sub-17. Tudo a seu tempo. Gabriel Veron precisa, acima de tudo, se firmar no Palmeiras(SP), onde deve se integrar aos profissionais.

ABC 
O técnico Diá desenha e redesenha seu esquema tático com as peças que indicou e foram contratadas pelo ABC. Diá é a atração alvinegra para o campeonato estadual.

Paulinho dá show 
No Sul-americano Master de Natação, disputado no Paraguai, o estatístico Paulo de Tarso, do instituto de pesquisa Consult, conquistou três medalhas de ouro, três de prata e duas de bronze. Desempenho de tubarão.





continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários