Pobreza x pandemia

Publicação: 2020-10-17 00:00:00
Luiz Antônio Felipe 
laf@tribunadonorte.com.br

Hoje é o Dia Internacional da Erradicação da Pobreza, mas a previsão não é nada animadora. Cerca de 100 milhões de novas pessoas estarão na faixa da extrema pobreza em 2020, por conta da pandemia. No Brasil, o auxílio emergencial ajudou 15 milhões de pessoas a saírem da pobreza no Brasil. Estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV Social) revela que, em agosto, o número de pessoas que saíram da faixa com renda de até meio salário mínimo aumentou 14,5% em relação a julho, reduzindo a base da pirâmide para o menor patamar da história. Mas, no mundo, os cálculos preveem mais 115 milhões de pessoas na miséria.

NA RUA 
Na pesquisa semana do IBGE, o desemprego no Brasil chega a 14,4%, o mais alto desde o início da pandemia. O número de brasileiros à procura de emprego chegou a 14 milhões na quarta semana de setembro, por conta do impacto do coronavírus. Em maio, quando o isolamento social era mais rigoroso, a taxa de desemprego era próxima de 10%.

INFLAÇÃO
Ufa! Um alívio. A inflação pelo IGP-10 cai de 4,34% para 3,20%. Essa taxa é menor que a observada em setembro (4,34%). Com o resultado, o índice acumula inflação de 17,63% no ano e de 19,85% em 12 meses. O recuo do indicador de setembro para outubro foi puxado pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, caindo de 5,99%, para 4,06% em outubro.

LEGISLAÇÃO
A Fecomércio RN e a Confederação do Comércio vão realizar lives sobre o tema: “Aprenda tudo sobre a Lei Geral de Proteção de Dados”, nos dias 212 e 23 próximos, a partir das 14 horas. Os interessados vão aprender detalhes da legislação, aplicação no ambiente empresarial, além de dicas e orientações.

COTAÇÕES 
O dólar encerra a semana em leve alta R$ 5,643 (+0,21%) na semana alta de 2%. O euro foi negociado a R$ 6,612, uma leve alta de +0,42%. O Ibovespa recuou -0,75%, a 98.309 pontos. Já o preço do barril de petróleo (spot) foi vendido a US$ 40,74, uma queda de -0,17%.

CRESCIMENTO DO VAREJO
As maiores do varejo brasileiro crescem muito acima do PIB. A sexta edição do ranking "300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro", da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), revela que a expansão das maiores empresas do setor foi de 9,9% em 2019, praticamente o dobro da alta de 5% do varejo como um todo. A inovação e a digitalização vêm abrindo novas oportunidades de expansão. O Carrefour lidera a lista, com um faturamento bruto de R? 62,22 bilhões), seguido pelo Grupo Pão de Açúcar (R? 61,54 bilhões), Via Varejo, Grupo BIG e Magazine Luiza. As cinco maiores do varejo brasileiro somaram R$ 205,415 bilhões no ano passado, ou 29,21% do faturamento das 300 maiores.

DEVOLUÇÃO 
A Receita Federal fez uma devolução no R$ 23 bilhões do IRPF de 2020. O montante pago nas devoluções, de maio a setembro superou o de 2019 em R$ 6 bilhões e foi recorde. Quase 16 milhões de contribuintes foram beneficiados. Na avaliação do governo, a redução para cinco lotes, ajudou a economia a enfrentar o período difícil durante a pandemia.

CLIMA 
A atualização dos dados pela agência do clima NOAA, dos Estados Unidos, indica que o fenômeno La Niña pode ter outra intensidade, de moderada a forte no Brasil. Em agosto e nas últimas semanas, foi observado um aumento do resfriamento do Oceano Pacífico.  Essa atualização muda o padrão do que era previsto em 10 de setembro, quando o NOAA divulgou oficialmente o retorno do fenômeno.

ARRENDAMENTO 
A Del Monte Fresh está oferecendo para arrendamento duas fazendas no Vale do Assu, com prazo de 12 meses, considerado curto no agronegócios. Uma com 188 e outra com 298 hectares. Também está leiloando ativos diversos como moto e caminhões, em Ipanguaçu/RN, Limoeiro/CE e Fortaleza.

HOSPITAL 
O Hapvida Saúde fará um grande investimento na ampliação da estrutura do Hospital Antonio Prudente, em Natal, da sua rede própria de atendimento. A nova estrutura terá com um complexo médico, com uma torre de mais 80 leitos de internação, 45 leitos de observação e recuperação e mais de 45 leitos de UTI e cerca de 60 poltronas de medicação.

CELULAR 
A Apple, ícone mundial em telefonia, lança o novo iPhone 5G com expectativa de novo recorde de vendas. O preço do aparelho top de linha sai por R$ 5 mil. O Brasil ainda vai demorar a ter a tecnologia 5G, tempo suficiente para as concorrentes lançarem os seus aparelhos.

CRÉDITO 
O acesso ao crédito vai se ampliando. A operadora Vivo lança um serviço de crédito pessoal, o Vivo Money. Os clientes pós-pago e Controle da operadora poderão contratar crédito pessoal, a partir se segunda-feira, de até R$ 30 mil, de forma 100% digital, rápida e prática, pelo site www.vivomoney.com.br.  Juros  a partir de 1,99% ao mês.  








Os artigos publicados com assinatura não traduzem, necessariamente, a opinião da TRIBUNA DO NORTE, sendo de responsabilidade total do autor.