Poesia para quem tem fome e sede de palavras

Publicação: 2018-08-11 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O poeta e fotógrafo Marcos Cavalcanti lança neste sábado (11) o livro “Antropofamélicas Palavras”, um compilado de 52 poesias com anexo fotográfico que ilustra o percurso literário do autor. O lançamento acontece no Espaço Moara, na rua das conchas, nº 2199, em Ponta Negra, das 17h às 21h. O clima do evento será de sarau, com a participação de poetas da SPVA, de músicos, apresentação de dança e mostra de artesanato.

Autor lança um compilado de 52 poesias
Autor lança um compilado de 52 poesias

Em “Antropofamélicas Palavras”, o poeta compôs uma obra essencialmente metalinguística e, segundo o autor, dedicado “antropofagicamente aos caetés urbanos de todos os tempos”, assim como a “todos os que têm fome e sede de palavras humanamente poéticas”.

O livro sai em edição bilíngue (português e espanhol), bancada pelo autor, com apresentação do presidente da Academia Norte Rio Grandense de Letras, Dr. Diógenes da Cunha Limas, e ilustração da capa do artista Dorian Gray Caldas (1930-2017).

Natural de Santa Cruz, no RN, e com 45 anos, Marcos Cavalcanti se aventura na literatura desde os 18 anos. “Antropofamélicas Palavras” é seu quarto livro e sucede “Viagens ao Além-Túmulo” (1999, poesia), “Imarginário” (2005, poesia) e “Acontecências - Retratos do Meu Inharé” (2015, crônica). Em sua carreira, o potiguar ganhou prêmios de poesia, cursou Letras e Jornalismo pela UFRN, se tornou membro fundador da Sociedade dos Poetas Vivos e Afins (SPVA-RN), bem como da Associação Santacruzense de Poetas e Escritores (ASPE). Também é idealizador do projeto “Poesia Viva”, o qual valoriza o fazer literário em Santa Cruz e na região do Trairi. Pelo projeto já organizou as antologias “Templos Tempos Diversos” (1995), “Trairi em Versos” (1997) e “Cantos e Contos do Trairi” (2OO8).





continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários