Policial Militar baleado em assalto morre no hospital

Publicação: 2011-09-05 18:16:00 | Comentários: 5
A+ A-
O policial militar Francisco Osmar dos Santos, de 48 anos, morreu após ferimentos durante tiroteio próximo em frente à agência do Banco do Brasil, no centro de Parnamirim. O policial estava fazendo a escolta de um carro de uma empresa que transportava altos valores para serem depositados na agência. Depois de diversos ferimentos, o policial, que estava à paisana, teve morte confirmada às 17h20.
júnior santosAssalto termina em tiroteio no Banco do Brasil em ParnamirimAssalto termina em tiroteio no Banco do Brasil em Parnamirim

Na companhia de outro policial militar que também estava à paisana, a dupla de PMs foi ao banco em dia de folga supostamente para fazer a escolta do carro da empresa. No entanto, ao observarem a ação dos criminosos, os dois policiais agiram para impedir o assalto. Em menor número, ambos foram atingidos.

Enquanto o primeiro PM, identificado apenas como soldado Carlos, foi atendido e está com situação estável, o segundo não resistiu aos ferimentos. O policial foi alvejado diversas vezes, inclusive na cabeça, e os médicos não conseguiram reverter a situação. O bandido baleado pela polícia também não correr risco de morrer, assim como um funcionário da empresa que também estava no carro, ferido e já medicado.

A polícia militar segue em diligências em busca dos criminosos. Até o momento, há a confirmação de que pelo menos seis bandidos participaram da ação.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • isidorioaraujo

    Daqui a pouco ,nem nos templos Evangélicos a gente vai ter paz, já que os bandidos NÃO perdõam ninguém, recentemente tive em FORTALEZA e vi pela televisão ,que os bandidos tínham invadido um templo religioso e tínham levado por volta de 30 mil Reáis.

  • dannyallysson

    Que beleza hein? Policial fica a mercê de levar bala em troca de alguns trocados enquanto bandido tem a cabeça alisada e livre pra meter bala em quem quiser. E "ai" do policial que inventar de atirar em bandido.

  • marciokda

    Até quando, governadora, os policiais militares do nosso estado precisarão arriscar suas vidas em bicos altamente perigosos como esse para aumentar suas rendas, para complementar o defasado salário da PM,o pior salário da segurança pública do RN,um dos piores do brasil.Estamos cansados de esperar,Sálario digno JÀÀÀÀÀÀÀÀÀ...

  • netokengo

    É lamentável ver mais um policial militar ter sua vida ceifada emplena folga. Ele estava trabalhando minha gente...trabalhando para suprir as necessidades básicas de sua família e em plena folga! Podendo, o mesmo, está nos braços de sua família.E esse governo safado que ai está fica de braços cruzados sem nenhum pesar por esses pais de família sacrificados. Que Deus o tenha combatente e conforte toda a sua família.

  • juliornrj

    Espero um dia poder ver os pm's se dedicarem exclusivamente a sua função na gloriosa,um exercício que já é muito árduo.Ficar acordado pra garantir o sono dos outros,manter a serenidade enquanto muitos se apavoram,gerenciar crises a todo tempo no seu cotidiano,crises essas que são geradas porque algo falhou.Família,educação, saúde,moradia...,mas tem que resolver, são obrigados a resolver.Até quando veremos pais de família terem suas vidas seifadas, até quando veremos pm's de folga colocando sua vida em risco,"por uma merreca",pra complementar sua renda,pra dar o leite aos filhos,ATÉ QUANDO?????