Policial que manteve filho refém é transferido para Cadeia Pública de Ceará-Mirim

Publicação: 2019-09-13 17:34:00 | Comentários: 0
A+ A-
O policial militar Hermano Mangabeira, de 34 anos, que manteve na última quinta-feira (5) o próprio filho refém ao lado da Igreja Matriz de Macaíba foi transferido para a Cadeia Pública de Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap). O policial estava desde a semana passada no Hospital Central Coronel Pedro Germano (Hospital da PM).

Criança está sendo mantida refém pelo próprio pai

À disposição da justiça, Hermano foi autuado pela ameaça a ex-mulher e ao filho, sequestro qualificado, porte ilegal e disparo de arma de fogo em local público, além da resistência a abordagem policial.

Em seu histórico, o policial militar já foi preso por descumprir medida protetiva contra a ex-mulher. No último dia 5, se aproximou novamente da ex-mulher. Ela acionou a polícia, que tentou intervir, porém o PM levou o filho do casal de apenas seis anos e fugiu de carro até a escadaria da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, onde manteve o menino refém, sob mira de um revólver, por cerca de quatro horas. Segundo a Polícia Civil, Hermano ameaçava matar o filho e depois se matar para "punir" a ex-mulher. Após uma longa negociação, o PM se entregou sem ferir o menino.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários