Natal
Ponte de Igapó será interditada
Publicado: 00:00:00 - 24/09/2009 Atualizado: 20:36:23 - 23/09/2009
O trecho de 15 quilômetros entre  o trevo de Extremoz (na intersecção das BRs 101 e 406) e a ponte Presidente Costa e Silva, conhecida popularmente como ponte de Igapó, será interditado parcialmente para a execução de obras de pavimentação e recapeamento, que, segundo a Superintendência Regional do Departamento Nacional de infraestrutura (Dnit), devem perdurar por 20 dias.

O Dnit informa que as obras devem começar na próxima terça-feira, dia 29, e por isso o  trânsito naquele trecho, no horário das 8h30 às 18 horas, fluirá somente em meia pista, no lado esquerdo, adotando-se o procedimento “Pare/Siga”. Já o fluxo a partir da cabeceira da ponte fluirá normalmente.

O Dnit garantirá, durante as três semanas de realização das obras, a sinalização necessária para que não  haja nenhum tipo de acidente.

No local circulam diariamente uma média de mil veículos, informou o Dnit, e como se trata de uma melhoria no trecho que cruza a BR 101 com a BR 406, uma área em constante crescimento, além de ser rota turística, o superintendente do Dnit, Fernando Rocha, solicita o apoio dos usuários, a compreensão e a colaboração, quanto ao respeito pelos limites de velocidade dando total atenção e obedecendo a sinalização para garantir a segurança de quem passa pelo local.

Para Rocha, os moradores e turistas, que obrigatoriamente passam pela estrada ao entrar e sair da cidade, sentirão em breve as novas mudanças. Ele lembrou que será feita praticamente a reconstrução da estrada, com a aplicação de uma capa asfáltica de cerca de três centímetros de espessura. Posteriormente, também será feita toda a sinalização horizontal e vertical.

Esta obra faz parte da primeira etapa do Programa de Conservação, Restauração e Manutenção de Rodovias (Crema) que até 2010 irá restaurar 1.263,13 km dos 1500 km de estradas federais no Rio Grande do Norte. O Dnit está investindo nas obras um total de R$ 167.441.875,66.

As obras de restauração e recuperação da pavimentação asfáltica nas rodovias federais do RN começaram há dois meses. Já foram recuperados 32,5 quilômetros da BR-101, entre Touros e Extremoz, além de 40 quilômetros, da BR 226, à altura dos municípios de São Pedro e Senador Eloy de Souza e ainda 40 quilômetros, de trechos entre Mossoró e Assu e Lajes e Caiçara do Rio dos Ventos.

O Dnit avisa que a recuperação de trechos das BR-405 e 406 aguardam a liberação da licença ambiental.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte