Potiguar aposta no sócio para melhorar CT

Publicação: 2014-12-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Sócio Contribuinte do Centro de Treinamento Manoel Barreto Filho, do Potiguar de Mossoró,  alcançou a marca de 250 adesões. Jorge do Rosário, presidente do alvirrubro mossoroense, propôs um desafio para a torcida alvirrubra, em entrevista para o site oficial do clube. Para o mandatário, é hora dos torcedores aderirem ao Sócio Contribuinte e ajudar o time a ter um número ainda maior de adesões. “Estamos propondo um grande desafio ao nosso torcedor, que é alcançar a marca de 600 adesões até o início do campeonato estadual de 2015. Proponho o desafio para que o Sócio Contribuinte do Centro de Treinamento Manoel Barreto Filho finalmente alcance a marca ideal. Hoje contamos com 250 sócios. É o nosso grande projeto para acelerar as obras em nosso CT. Vamos aumentar a capacidade do reservatório para dar ainda mais condições ao nosso campo principal, estamos finalizando as obras do vestiário para a equipe profissional e pretendemos entregar uma boa estrutura já no dia 15 de dezembro. O nosso CT  Não é mais um sonho, é uma realidade”, declarou o presidente.

Sabendo da força da torcida alvirrubra, Jorge torce para que novos alvirrubros se tornem sócios para ajudar o clube em novas obras para o CT. “A adesão do torcedor do Potiguar a um dos planos do Sócio Contribuinte é uma maneira dele participar na realização de um sonho de muitos: A continuação das obras do nosso CT Manoel Barreto Filho depende da participação maciça do nosso torcedor. Já realizamos obras importantes, mas ainda temos muito a realizar e a obra não pode parar.”, declarou.

Jorge do Rosário reiterou a importância dos alvirrubros aderirem o programa do sócio-contribuinte. “Quero fazer um pedido especial ao torcedor. Além de colaborar sempre em campo, peço o seguinte: quem não é sócio, seja sócio contribuinte. É uma receita importante, vai nos ajudar bastante. A torcida vai precisar comparecer, chegar junto. Ela precisa entrar no programa do sócio-contribuinte. É a melhor maneira de nos ajudar”, disse.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários