Cookie Consent
Viver
Potiguar leva Menção Honrosa em prêmio literário de língua portuguesa
Publicado: 00:00:00 - 14/05/2019 Atualizado: 20:32:35 - 13/05/2019
Tádzio França
Repórter

O livro de contos “Cidade das Cinzas” representou o sotaque potiguar com distinção em meio às nações de língua portuguesa que participaram da 4ª edição do Prêmio UCCLA de Literatura. A obra de José Maria da Silva Nascimento, nascido em São Gonçalo do Amarante e residente em Macau, recebeu uma das menções honrosas do evento. O potiguar foi um dos destaques entre os mais de 800 escritores de várias partes do mundo inscritos no prêmio.

Divulgação
José Nascimento tem obra inédita premiada

José Nascimento tem obra inédita premiada

José Nascimento tem obra inédita premiada

José Maria tem 26 anos, é servidor público federal, sempre gostou de ler e escrever, mas ainda não havia publicado nada – e esta é uma das condições para participar do concurso promovido pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA). “Foi gratificante e ao mesmo tempo uma grande surpresa. Não esperava este resultado e fico muito feliz por poder representar a literatura potiguar num concurso com tantos escritores talentosos dos mais variados pontos geográficos”, declarou ao VIVER.

O autor conta que “Cidade das Cinzas” já havia sido escrita há algum tempo, e estava em processo de sucessivas revisões. A UCCLA resumiu a obra como “um conjunto de contos onde desolação, desencanto e morte são o diapasão a que se mantém fiel esta linguagem exata, com descrições frias, frases curtas, imagens decetivas”.

José Maria confirma o tom pessimista que sua escrita invoca. “As vozes dos emudecidos me inspiram a escrever. Os ângulos que nos incomodam, a miséria da nossa natureza humana, a nossa podridão. Temos que encarar esses aspectos, e a literatura humaniza”, diz. Ele escreve desde a adolescência, e tem como referências literárias alguns mestres como Dalton Trevisan, Rubem Fonseca, Graciliano Ramos, José Saramago, Lygia Fagundes Telles, e Walmir Ayala.

Divulgação
Prêmio da UCCLA teve curadoria de autores renomados

Prêmio da UCCLA teve curadoria de autores renomados

Prêmio da UCCLA teve curadoria de autores renomados

Apesar da menção honrosa, a UCCLA não publica a obra. Será algo que José Maria já se comprometeu a providenciar para o futuro. O escritor potiguar dividiu a menção honrosa com o português João Pedro Morgado, que escreveu “Alexandria”. Já a obra vencedora do prêmio máximo foi “Praças”, do angolano Antônio Pedro Serrano de Sousa Correia.

A 4ª edição do Prêmio UCCLA de Literatura teve como jurados  nomes conhecidos das letras brasileiras e de outras nações de língua portuguesa, entre os quais António  Carlos  Secchin (Brasil), Germano de Almeida (Cabo Verde) Inocência Mata (São Tomé e  Príncipe,) Isabel Pires de Lima (Portugal), José Luís  Mendonça (Angola), José  Pires  Laranjeira (Portugal), Luís  Carlos Patraquim,  (Moçambique), Luís  Costa( Timor), Tony Tcheka (Guiné Bissau).





Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte