Economia
Prévia da Inflação tem recorde em setembro e deve atingir 10% em 12 meses
Publicado: 00:00:00 - 25/09/2021 Atualizado: 23:14:37 - 24/09/2021
A escalada de preços dos combustíveis e da conta de luz, que já vem apertando o orçamento das famílias brasileiras nos últimos meses, fez a prévia da inflação oficial subir forte e superar os 10% no acumulado dos últimos 12 meses. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) avançou 1,14% em setembro, a maior alta para o mês de setembro desde 1994, início do Plano Real. O dado, que considerou os preços coletados entre 14 de agosto e 14 de setembro, foi divulgado na sexta-feira(24), pelo IBGE.

O resultado surpreendeu e, agora, os analistas devem rever suas projeções para o IPCA de setembro, quando o acumulado em 12 meses também deverá romper os 10%. Em setembro, sozinhas, a gasolina e a energia elétrica foram os itens com maior impacto no IPCA-15. A gasolina teve alta de 2,85% no mês e acumula um salto de 39,05% em 12 meses. Os combustíveis vêm encarecendo por causa da alta das cotações do petróleo e do dólar.

Já a conta de luz, que subiu 3,61% no IPCA-15 de setembro, está mais cara por causa da crise hídrica. Sem chuvas, os reservatórios das usinas hidrelétricas, principal fonte de geração no País, chegaram aos níveis mínimos históricos, exigindo o acionamento de usinas térmicas, com custo operacional maior. 

Quando isso ocorre, o custo maior é repassado para o consumidor por meio das "bandeiras tarifárias", taxas adicionais cobradas na conta. Em agosto, o quadro ficou tão crítico que foi determinada uma nova bandeira, com uma taxa mais elevada do que todas.

A estiagem e as cotações elevadas das matérias-primas agrícolas também impulsionaram os preços de alimentos e bebidas. Esse grupo de despesas avançou 1,27% no IPCA-15 de setembro, acima do 1,02% em agosto e do 0,49% de julho. Entre os destaques de alta em setembro, estão as carnes (que subiram 1,10%), a batata-inglesa (10,41%), o café moído (7,80%), o frango em pedaços (4,70%), as frutas (2,81%) e o leite longa vida (2,01%). 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte