Cookie Consent
Notas e Comentários
Prévias
Publicado: 00:00:00 - 06/11/2021 Atualizado: 00:24:12 - 06/11/2021
colunanotas@tribunadonorte.com.br

Ex-senador e ex-ministro do Governo Fernando Henrique, Arthur Virgílio Neto estará hoje em Natal para cumprir agenda de campanha das prévias que definirá o candidato a presidente do PSDB. No RN, estiveram os outros dois candidatos que disputam as prévias do partido, o governador João Doria (São Paulo) e Eduardo Leite (Rio Grande do Sul). Arthur Virgílio terá um encontro neste sábado com os tucanos do Rio Grande do Norte no Versailles Recepções, que fica no bairro Cidade Jardim. A partir das 18h, ele também conversará com jornalistas. Na semana em que houve a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 26), em Glasgow, Escócia, Arthur Virgílio aproveita o destaque que tiveram assuntos relacionados ao meio ambiente e crise climática para tratar da importância da Amazônia para o país. 

Bandeiras 
O ex-senador tucano tem feito discurso no sentido de defender que o país deve buscar oportunidades econômicas a partir da biodiversidade. Outras pautas prioritárias do pré-candidato à presidência da República são a defesa da democracia, a recuperação econômica, a redução da pobreza e da fome. Arthur Virgílio é diplomata e político do Amazonas. Foi deputado federal e senador por 20 anos, líder da oposição do senado por oito, duas vezes líder do presidente Fernando Henrique Cardoso, ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do governo FHC e três vezes prefeito de Manaus, sua cidade natal. Na disputa das prévias, tem “corrido por fora”. A disputa está entre João Doria e Eduardo Leite,  que têm mais chance de ficar com a vaga de candidato do partido à Presidência. 

Oeste 
O ex-prefeito Carlos Eduardo estava ontem em Pau dos Ferros, onde vistiou a Câmara Municipal e depois foi recebido pela prefeita Marianna Almeida. “Tivemos uma ótima conversa sobre o Rio Grande do Norte e muita troca de experiências sobre os desafios à frente da Prefeitura”, comentou.

Substituição 
O presidente do INSS, Leonardo Rolim, vai deixar o posto e ocupar a função de secretário de Previdência do Ministério do Trabalho e Previdência, comandado pelo ministro Onyx Lorenzoni. Com a mudança, o INSS passará a ser presidido por José Carlos Oliveira, que era superintendente regional Sudeste I do órgão. Rolim estava no INSS desde janeiro de 2020, no lugar de Renato Vieira, que pediu exoneração diante da crise de atendimento à população no órgão. Na ocasião, havia uma fila de 1,3 milhão de solicitações de benefícios com a análise atrasada pelo INSS.

Escolha
O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse ontem em referência à sua vitória nas urnas, que o Brasil votou em alguém do centrão. "Muita gente diz 'Ah, o centrão'. Votaram em um cara do centrão", afirmou, apontando para si, durante discurso. Bolsonaro lembrou que foi filiado ao Progressistas, partido expoente do Centrão e aliado de governos anteriores. Hoje sem legenda, o presidente considera voltar à sigla para disputar a reeleição. O chefe do Executivo ainda disse que quer o esclarecimento do caso Adélio Bispo, autor da facada que sofreu em 2018, e também do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco. "Polícia Federal agora tem bom comandante, temos um bom ministro da Justiça, diferente do passado", declarou o presidente da República, dois dias após admitir à PF que pediu ao ex-ministro Sergio Moro a substituição do diretor-geral da corporação.

Saúde 
O infectologista Kleber Giovanni Luz, professor da UFRN, está entre os vinte profissionais selecionados para prestar consultoria à Organização Mundial de Saúde na  elaboração de diretrizes estratégicas na  prevenção e controle das arboviroses. 

Passaporte 
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promoveu audiência pública sobre “passaporte  sanitário”, ou seja, o comprovante de vacinação contra covid-19 para acesso a determinados locais. “Realizamos esta audiência pública para debater o assunto que ganhou repercussão nos últimos dias”, disse o deputado Coronel Azevedo. Ele argumentou que não é contra a vacina e que já se vacinou. “Sou crítico à vacinação compulsória”, disse.   Para o presidente do Sindicato dos Médicos do RN, Geraldo Ferreira, não é possível negar a participação das vacinas no controle da elevação da curva do número de casos de covid-19. “A minha posição é a mesma do Conselho de Medicina, sou favorável à vacinação”, acrescentou.

Plano 
Diretor A Comissão Especial de Estudos do Plano Diretor da Câmara Municipal de Natal tratou ontem, em audiência pública, sobre Projetos e Sistemas Urbanos Ambientais e de Infraestrutura, descritos entre os artigos 123 e 197 do projeto de revisão do Plano Diretor (PDN) que tramita no Legislativo Municipal. "Nossa quarta audiência foi muito positiva e mais uma vez a gente trouxe as entidades de diferentes setores para debater o Plano Diretor, esclarecendo dúvidas", destacou o vereador Hermes Câmara (PTB), que presidiu a audiência.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte