Prefeito inicia as mudanças no secretariado

Publicação: 2017-01-10 00:00:00
A 'minirreforma' no staff de primeiro escalão da administração municipal começou, como já havia antecipado o prefeito Carlos Eduardo (PDT) por ocasião e sua posse para o quarto mandato – em 1º de janeiro deste ano, com a indicação de Jerônimo da Câmara Ferreira de Melo para o cargo de secretário municipal de Serviços Urbanos, conforme informação da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Natal.

Gestor de empresas, Jerônimo Melo vai substituir a Antonio Fernandes de Carvalho Júnior, que passou quase um ano e nove meses no cargo, o qual assumiu em meados de abril de 2015, quando o então secretário Raniere Barbosa (PDT) voltou a exercer mandato de vereador como líder do prefeito na Câmara Municipal.

Ontem, Raniere Barbosa disse que não fará indicações para o secretariado. “Deixei o prefeito muito à vontade para ter uma administração sem indicação política e intervenção na Gestão. Não indicarei ninguém para o primeiro nem segundo escalão. Teremos uma relação harmoniosa, respeitosa e independente os Poderes”, disse o presidente da Câmara Municipal.

Escolha
Embora seja filiado ao PMDB em Ceará-Mirim, a ida de Jerônimo Melo para a secretaria de Serviços Urbanos não é uma indicação do partido, mas uma escolha individual do prefeito Carlos Eduardo, que, anteriormente, já havia feito uma troca de auxiliares na segunda linha de frente da administração pública com a nomeação, no dia 4 de janeiro,  do ex-vereador Júlio Protásio para o cargo de secretário adjunto de Relações Sociais e Políticas, pasta cujo titular é Jonny Costa.

No comunicado feito à imprensa, a Assecom não informou quando será publicada, oficialmente, a nomeação de Jerônimo Melo no “Diário Oficial dos Municípios”. A Assecom informava que o novo titular da Semsur foi superintendente da afiliada da TV Bandeiras em Natal e tem experiência no serviço público como secretário municipal de Administração e de Finanças e de Turismo, Esporte e Lazer em Ceará Mirim, município da Região Metropolitana de Natal (RMN). 

Jerônimo Melo vai gerir uma pasta que tem um orçamento de R$ 84,1 milhões no exercício financeiro de 2017, dos quais R$ 10,36 milhões são de encargos sociais e R$ 14,7 milhões para investimentos.

O prefeito Carlos Eduardo já havia sinalizado,  no começo de janeiro, que a minirreforma administrativa da prefeitura terá um caráter pontual, ouvindo, principalmente, os partidos que contribuíram para a sua reeeleição em 2 de outubro do ano passado, a maioria com representação política na Câmara Municipal.

Em algumas pastas já estão ocorrendo mudança relacionados, principalmente, a cargos de terceiro e quarto escalão, além de funções gratificadas. Outras mudanças recentes ocorrem na chefia de Gabinete da Procuradoria Geral do Município (PGM) – onde entrou Erick Olímpio Dias e saiu Jussara Chaves Câmara de Mendonça e na Ouvidoria Municipal, vinculada à Controladoria Geral do Município (CGM), com a nomeação de Rodrigo Ferraz Quidute no lugar de Raissa Amâncio da Costa.