Prefeitura inaugura residencial da comunidade do Maruim na próxima sexta-feira

Publicação: 2016-06-22 17:09:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Prefeitura do Natal anunciou para a próxima sexta-feira (24), a inauguração do Residencial São Pedro. Ao todo, 200 apartamentos serão entregues prioritariamente às famílias que moram na comunidade do Maruim. Segundo executivo municipal, além dos moradores do Maruim, algumas famílias que foram afetadas pelas chuvas de 2014 também receberão imóveis do conjunto residencial. A inauguração está prevista para acontecer às 17h.
magnus nascimentoResidencial vai abrigar as 170 famílias do Maruim que serão relocadas para expansão do Porto de NatalResidencial vai abrigar as 170 famílias do Maruim que serão relocadas para expansão do Porto de Natal

O Residencial São Pedro, inicialmente chamado de Residencial Maruim, foi construído para receber as famílias que ocupam uma área pertencente a Companhia de Docas do Rio Grande do Norte (Codern), no bairro das Rocas. O espaço será utilizado para a ampliação do Porto de Natal. Com um custo total de R$ 12,2 milhões, o projeto teve suas obras iniciadas em agosto de 2014. Segundo a Secretaria Municipal de Habitação Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe), o nome do conjunto habitacional foi modificado para São Pedro, em homenagem aos futuros inquilinos, cuja maioria são pescadores e tem São Pedro como padroeiro.

No cronograma, as obras inicialmente deveriam ter sido entregues em janeiro deste ano. No entanto, um atraso nos repasses por parte do Governo Federal, responsável pelo Programa Minha Casa, Minha vida, influenciaram na data de entrega. Segundo Josuá Neto, secretário adjunto da Seharpe, o residencial já está com as obras prontas e apto para receber moradores. A previsão é que a mudança dos inquilinos ocorra na próxima semana, quando já terá sido realizado as assinaturas dos contratos e a ligação de energia em cada apartamento. “Estamos na etapa final para a entrega dos apartamentos. Falta eles assinarem o contrato e pedirmos a Cosern para ligar a energia individual. Isso tudo deve ficar pronto na quarta-feira da semana que vem. Como eles querem fazer uma festa de despedida nesse dia, acredito que a mudança deles ocorra apenas na quinta-feira, data em que se comemora São Pedro”, contou

Ainda de acordo com Josuá Neto, a medida que os moradores desocuparem a comunidade do Maruim, a prefeitura irá demolir os imóveis. “As demolições serão feitas gradualmente. Vamos demolir as casas tão logo eles saiam dos imóveis. É uma forma de evitarmos uma possível invasão”, explicou acrescentando ainda que após a saída dos moradores, o terreno será entregue a Codern.

Aproximadamente 170 famílias do Maruim e outras 30 famílias oriundas da comunidade do Jacó, Mãe Luiza, além de algumas localidades situadas na zona Norte,  irão viver no residencial. Segundo a Seharpe, por não se tratar de um financiamento, essas famílias irão receber os apartamentos gratuitamente e terão apenas que arcar com o valor do condomínio. Apesar de ser um imóvel próprio, o secretário Josuá Neto destacou que a posse contém algumas particulares, como não poder doar ou vender o imóvel para terceiros.

Estrutura
O residencial São Pedro tem ao todo 25 blocos, cada um com oito apartamentos distribuídos em quatro pavimentos. Cada unidade tem 43m², divididos em sala, dois quartos, banheiro e cozinha. Os imóveis já contam com portas de 80 cm de largura, o que permite maior acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção e usuários de cadeiras de rodas. O projeto contempla ainda a construção de um Centro, destinado as atividades econômicas das famílias residentes no Maruim, que será dividida em três blocos: de oficinas e sucatas; peixes, camarões e mariscos e lan-house, salão de beleza e outros negócios.

continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários