Jornal de WM
Preferindo o livro
Publicado: 00:00:00 - 28/11/2013 Atualizado: 22:34:25 - 27/11/2013
Lendo uma manhã dessas o Diário de Notícias, de Lisboa, em sua edição onlaine, dei de cara com uma notícia que me deixou ancho da vida: os jovens continuam preferindo os livros tradicionais, os impressos, o livro de papel, aos “ebooks”, os tais “livros” digitais. Trata-se de uma pesquisa realizada pela Voxburner, não sei instituto inglês ou norte-americano. A notícia não esclarece se a pesquisa foi realizada apenas em Portugal ou se estendeu pela Europa. Ou, quem sabe, pelo mundo inteiro. Bom, em qualquer lugar que tenha sido  (ah, se fosse no Brasil!), o seu resultado é um alento: o livro impresso, o livro de mesmo, continua firme como leitura preferida dos jovens. Vejamos como Diário de Notícias publicou a notícia:

- Inquérito levado a cabo pela Voxburner concluiu que 62% dos leitores entre os 16 e os 24 anos preferem os livros tradicionais aos ebooks. Questionados sobre a preferência para produtos físicos versus conteúdos digitais, os livros impressos destacam-se como o meio mais desejado em forma material, à frente dos filmes (48%), jornais e revistas (47%), CD’s (32%) e jogos de vídeo (31%).

Adiante, o jornal português transcreve o que disse o porta-voz da agência, Luke Mitchell, analisando os números da pesquisa: “É surpreendente, porque pensamos no escalão 16-24 anos como estando ligado aos seus smartphones e dispositivos digitais”. O DN acrescenta:

- As principais razões apontadas para esta preferência estão relacionados com ligações sentimentais e com o custo monetário dos livros. Luke Mitchell referiu que os intervenientes optam pela versão física porque colecionam, gostam do cheiro ou pretendem ter estantes completas.

Ah, o cheiro do livro! Passar as mãos pelas suas lombadas, suas capas, afagar suas páginas. O prazer de levá-lo para a rede embalada pelo pé na parede, adocicando a leitura. E tem mais. Como  disse ainda o Luke Mitchell, “os livros são símbolo de status, não se pode ver o que realmente leu no seu Kindle.”

Você sabe o que é um Kindle? Perguntei ao poeta Sanderson Negreiros. Não, não sabia. Pois é, disse pra ele, tem muita gente por aí lendo Machado de Assis e Augusto dos Anjos nos seus kindles. Eu mesmo já vi um figurão daqui da aldeia se amostrando com o seu tablete numa das igrejas daqui. Acionou o  kindle em plena missa, certamente lendo os “evangelhos”, enquanto lá no altar o vigário abria a Bíblia impressa por Gutemberg.

Felizmente, como prova o Voxbruner, o figurão é minoria. Mas faz pose.

Literatura

A jornalista e escritora portuguesa Alexandra Lucas Coelho, é a vencedora do Grande Prêmio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE) com o romance E a noite roda. Trata-se de um dos prêmios literários mais importantes de Portugal, já na sua 31ª versão. Um de seus patrocinadores é o Instituto Camões. Entre alguns de seus vencedores basta citar três: José Saramago, António Lobo Antunes e Agustina Bessa-Luís.

Entre os cinco finalistas estava o escritor Afonso Cruz, que recentemente andou por Natal participando do Festival Literário de Natal, o FLIN, promovido pela Prefeitura. Concorria com o romance Jesus Cristo bebia cerveja.

Mais  Prêmios

Depois do Prêmio São Paulo de Literatura, com os vencedores anunciados segunda-feira, fica faltando conhecer agora os vitoriosos do Portugal Telecom. O anúncio deve acontecer ainda esta semana. Divide-se em 3 categorias: Romance, Poesia, Conto/Crônica, quatro finalistas em cada.

No Romance concorrem os brasileiros Miguel Sanches  Neto (A máquina de madeira), José Luiz Passos (O sonâmbulo amador) e Daniel Galera (Barba ensopada de sangue, vencedor do Prêmio São Paulo) e o português Valter Hugo Mãe (O filho de mil homens).

Mais livros

Dois lançamentos hoje. A poeta Rizolete Fernandes, que um dia desses andou passeando a sua poesia pela Universidade de Salamanca, Espanha, no começo da noite desta quinta-feira autografará seu livro Vento da tarde, na sede da Academia Norte-Rio-Grandense de Letras.

À mesma hora (18), agora na sede do Aeroclube do Rio Grande do Norte (avenida Hermes da Fonseca, Tirol), o escritor e aviador Pery Lamartine lançará História de uma Photographia. Conta a história da primeira turma de aviadores brevetados em Natal, 1930, começo da própria história do Aeroclube. No livro, preciosas fotografias.

Buraco

Imeio do leitor Aprígio Tavares, dando conta de um buraco na avenida Deodoro:

- WM: andaram fazendo uns “serviços” de saneamento, ou coisa que tal, na descida da avenida Deodoro (ladeira da  finada Rádio Poti) em toda a sua largura, pegando a rua Sachet com a rua Valdemar Falcão (que termina na Floriano Peixoto). Serviço vagabundo, seu Madruga. Sobraram vários buracos. Toda vez que passo por ali, meu carrinho modelo 2000 geme de dor. Aí me lembro da genitora de Tomé de Souza; das de Mem de Sá e Duarte da Costa, também.

Poesia

Carlos Gurgel mandando dizer que amanhã, 29, sexta-feira, estará no Between Coffee (av. Afonso Pena, em frente ao Talher) lançando o seu livro de poemas Mais que amor. Oito da noite.

Carnatal

Os trios elétricos da Bahia e de outros arredores invadiram o Parque de Exposição Aristófanes Fernandes, onde este ano os homens de “bom senso” revolveram meter ali o tal do carnatal. O Parque, templo da pecuária do Estado, está uma merda. A pecuária do Rio Grande do Norte sofre, além da seca, do descaso do governo, da insensatez de alguns e  da ganância de outros. Quanto custa aos cofres públicos o carnatal privado?



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte