Preocupado com o desgaste

Publicação: 2017-02-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
O Botafogo se aproximou de uma vaga na fase de grupos da Libertadores ao vencer o Olimpia por 1 a 0 na última quarta-feira, no Engenhão. O bom resultado, no entanto, não mascarou a preocupação com o estado físico do elenco em meio à maratona de jogos deste início de temporada. Em pouco mais de três semanas, foram sete partidas para o time carioca, que tem sentido a sequência e já sofre com lesões, como destacou o meia Camilo. "A gente está indo no nosso limite. A questão física não está como a gente queria, com uns 30 ou 120 dias para se preparar melhor. A gente está sofrendo. Com o primeiro jogo sendo em casa a gente precisa propor o jogo, buscar a vitória. Isso requer mais esforço. No fim do jogo, a gente acaba tendo essa queda", explicou.
Sátiro Sodré SSPress BotafogoJair Ventura vai ter problemas para escalar o Botafogo para a partida de volta, contra o OlimpiaJair Ventura vai ter problemas para escalar o Botafogo para a partida de volta, contra o Olimpia

Com o triunfo por 1 a 0 na quarta, o Botafogo pode empatar, ou perder por um gol desde que balance a rede do Olimpia, na volta, quarta que vem, no Paraguai. "Se a gente consegue essa vantagem, no segundo jogo acaba se posicionando melhor e não precisa estar tão aberto para a outra equipe. E se comporta melhor, como foi contra o Colo Colo. A gente vai ter uma semana para se preparar e quem sabe fazer esse jogo seguro no Paraguai. Eu creio que temos uma grande condição se classificar", analisou Camilo.

O próprio meia, no entanto, já sofreu com a questão física nesta temporada e chegou a ser desfalque contra o Colo Colo na partida de volta, graças a uma lesão na coxa. Na última quarta, Montillo precisou deixar o campo por problema muscular. A lista de jogadores que já se afastaram por contusões nesta temporada ainda tem o zagueiro Joel Carli, o meia João Paulo e o goleiro Gatito Fernández.

"Quebra todo nosso planejamento. Você te, toda uma situação na cabeça e você perde um jogador importantíssimo com 14 minutos. E você tem que se reinventar dentro da partida. Isso leva um tempo nosso time sentiu dentro da partida. A gente demorou um tempo para se reencontrar", admitiu o técnico Jair Ventura.

Além de Montillo, o Botafogo ainda perdeu mais um jogador por lesão durante a partida, o volante Bruno Silva, que precisou sair no intervalo. "Deu para ver o desgaste físico no segundo tempo mais uma vez. A gente cansa. Você tem três substituições só, e ainda perde dois por lesão e acaba perdendo o gás", lamentou o treinador.

Jair, porém, comemorou a vitória, ainda que por um placar magro. "Voltamos melhor, criamos mais, tivemos outras chances de gol, e saímos com esse resultado pequeno, como foi o primeiro, mas importante. Eles são uma equipe competitiva, difícil e com uma bola parada perigosa. Mas estamos de parabéns."

"É a vantagem mínima, placar mínimo, mas é muito cedo para a gente falar. Futebol pode acontecer de tudo. A gente queria mais. Criamos mais chances, tivemos oportunidades, fico feliz que criamos, mas triste por ter perdido jogadores por lesão”.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários