Presidente do Banco Mundial vê riscos de insolvência no setor privado

Publicação: 2021-03-05 00:00:00
Gabriel Caldeira
Agência Estado

São Paulo - O presidente do Banco Mundial, David Malpass, afirmou que a economia mundial apresenta riscos de insolvência de empresas privadas, com pesquisas indicando uma deterioração das condições de crédito e dados registrando um aumento do número de empresas insolventes com faturamento maior que US$ 60 milhões na segunda metade de 2020. "A dívida do setor privado não-financeiro atingiu altas históricas por conta da crise”, notou o dirigente da instituição.

Este cenário ocorre apesar do apoio fiscal dado às companhias ao longo do ano passado, que foi bem sucedido em reduzir a quantidade de pedidos de falência e, em alguns casos, a níveis menores que em períodos anteriores, de acordo com Malpass.

Ele não espera, porém, que esta tendência continue em 2021. Diante desta previsão, o dirigente alerta para a necessidade de pensar em ferramentas para facilitar a reestruturação das dívidas de empresas.

Ele destacou ainda outros impactos da crise da covid-19, que causou a perda de cerca de 250 milhões de empregos ao redor do mundo e deve empurrar entre 120 e 150 milhões de pessoas à pobreza neste ano.