Viver
Preso após agredir ex-esposa, DJ Ivis tem habeas corpus negado pela Justiça
Publicado: 13:29:00 - 19/07/2021 Atualizado: 15:12:40 - 19/07/2021
Após ser preso na última semana, Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, teve seus cabelos raspados ao chegar na Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, no Ceará. A informação é do colunista Léo Dias. O artista foi preso na última quarta-feira (14) pelas agressões contra sua ex-mulher, Pamella Holanda.

Reprodução


A defesa do cantor pediu habeas corpus que foi negado pela Justiça. Ele permanecerá preso por tempo indeterminado à disposição do Poder Judiciário. Caso ele seja condenado por lesão corporal, a pena máxima é de três anos em regime aberto ou semiaberto. O presídio de Aquiraz é de segurança máxima.

As agressões vieram a público no último domingo (11), quando Pamella publicou uma série de vídeos em sua conta do Instagram mostrando os episódios de agressões em três momentos, sendo dois deles na presença filha do casal. 

É possível ver no vídeo o músico puxando o cabelo da mulher, desferindo tapas e socos na cabeça e também nas costas, além de outro momento, dentro do quarto da criança, onde ele chuta as costas da mulher. Uma mulher que trabalha na casa e outro homem presenciam as cenas, que foram captadas por câmeras de segurança da residência.

Após o material ter se tornado público, o artista chegou a ser levado à Delegacia de Eusébio, no Ceará, no mesmo dia, mas foi liberado. Ele confirmou as agressões. Em suas redes sociais, no que foi sua última aparição pública, ele afirmou que "não queria se justificar", mas acusa a mulher, com quem disse que não estava mais em uma relação de casal, estava ameaçando tirar a própria vida e da filha do casal. O músico mostra também imagem de um boletim de ocorrência registrado por ele contra a mulher.



Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte