Pressão dos custos

Publicação: 2019-03-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Luiz Antônio Felipe
laf@tribunadonorte.com.br

 A Confederação Nacional da Indústria (CNI)  constata que os custos da indústria brasileira subiram 8,8%, durante todo o  ano passado. O estudo mostra que a alta registrada em 2018 foi a maior desde o início da série, em 2006. Os custos com energia aumentaram 18,2% e, os com bens intermediários, 13,4%, portanto,  foram pressionados pelos aumentos da energia e dos preços dos bens intermediários. É a maior alta registrada desde o início da série em 2006, enquanto os preços dos produtos industrializados aumentaram 8,4%. Isso mostra que a indústria reduziu sua margem de lucro pois enfrentou dificuldades para repassar o aumento de custos aos consumidores.

Sistema
Em outra pesquisa a CNI apurou que quase 80% dos empresários industriais reprovam o atual sistema tributário brasileiro. Afirmam que o grande número de tributos, complexidade, instabilidade e falta de transparência estão entre os atributos mais mal avaliados.

Eletro
  Para completar o quadro de fraqueza da indústria, em janeiro a produção do setor eletroeletrônico apontou queda de 6,6%, na comparação com o mesmo mês de 2018. O desempenho sofreu mais influência da retração de 10,2% da área eletrônica, uma vez que a redução da área elétrica foi mais amena, atingindo 2,9%.

 Dívidas
 No comércio, a inadimplência continua em desaceleração, registrando um crescimento de 1,78% em fevereiro, aponta o indicador CNDL/SPC Brasil. Como no mês anterior, o número de dívidas cai, mas avança nos setores bancário e de água e luz. Cerca de 62 milhões de brasileiros estão com CPF negativado e não podem comprar.

Previsão
O varejo deve crescer 3,5% em 2019, segundo o  Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), determinado mais pelos segmentos de veículos e material de construção. O crescimento é consequência da retomada da economia e da confiança do consumidor.

Transposição é lenta
 A obra de transposição do rio São Francisco já passou por diversos atos oficiais de “inauguração” de seus trechos. O funcionamento efetivo só é permitido após a emissão da licença de operação. A autorização só é dada após avaliação de e programas ambientais  de monitoramento da qualidade da água, conservação de fauna e flora.  Sendo assim fica pra 2020 o fim de toda a obra. Na Paraíba, os beneficiários de transposição do  São Francisco comemoram o fim da dependência dos carros-pipa. O jornal Correio da Paraíba mostra em reportagem que os dependentes dos carros-pipa recebiam vinte litros de água para beber, cozinhar, tomar banho, lavar roupa e louça. Era o consumo médio diário, por habitante, nas 41 localidades paraibanas, cujos sistemas de abastecimento entraram em colapso por causa da seca em 2015.

Inverno
A chuva constante e, com previsão para continuar  até junho, certamente vai provocar uma “explosão” na fauna e na flora do semiárido nordestino. Uma verdadeira mudança no ecossistema do chamado “polígono das secas”, que tem no RN uma grande área incluída.

Imposto (I)
Para declarar o Imposto de Renta, o especialista Mauro Fontes sugere preparar com antecedência os documentos e informações necessárias. A Receita Federal solicita informações de comprovantes e recibos de despesas médicas, por exemplo, além de outras despesas que podem ser abatidas. Também é preciso informar valores de salários, benefícios, aposentadorias, pensões e de possíveis doações. Na hora de preencher as declarações, também é preciso ter em mãos o CPF e dados bancários.

Imposto (II)
Solicite ou baixe o informe de rendimentos de suas contas bancárias ou investimentos.  Nesse caso, entram na declaração saldo de conta correntes, poupança, fundos, CDBs e até mesmo investimentos em bitcoins e criptomoedas. A maioria dos bancos e corretoras já tem isso pronto para ser baixado pelo correntista no próprio site. E, se você trocou de carro ou de apartamento, no ano passado, separe esses documentos.

Imposto (III)
Faça a escolha entre a declaração simplificada ou completa. É preciso entender cada modelo para poder definir qual tipo é mais indicado para cada contribuinte. Se o total de despesas dedutíveis for maior do que 20% de seus rendimentos tributáveis, a declaração completa é a melhor opção.

Regata
Com portas abertas para convidados de sócios, o Iate Clube de Natal realiza hoje e amanhã, a primeira regata de 2019 no Rio Potengi. Cerca de vinte barcos à vela vão competir no estuário do Rio Potengi, abrindo o calendário de velas do ano. Hoje, seis veleiros da classe “Oceano” vão participar de competição, que terá início no estuário do Rio Potengi, a partir das 10 horas, prosseguindo até o Farol de Mãe Luiza, retornando depois para o Iate Clube.








continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários