Previsão para o interior é de chuvas neste fim semana

Publicação: 2017-02-17 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
Os meteorologistas da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) estão prevendo mais chuvas para este próximo fim de semana. Com base nas imagens do satélite, o gerente de meteorologia da EMPARN, Gilmar Bristot, adianta que há forte tendência de chuvas no sertão do Nordeste por conta da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT). Nos últimos dois dias, em virtude de uma alta pressão no Atlântico Sul, a ZCIT foi afastada mais para o Norte do País e, por conta disso, as chuvas caíram em menor quantidade.

No último fim de semana choveu em 163, dos 167 municípios do Estado. Os maiores índices pluviométricos foram registrados nas cidades de Umarizal (216 mm), Mossoró (198,2 mm), Viçosa (164,3 mm) e Tibau (161,8), todas na região Oeste. “O fenômeno que dá início ao período chuvoso nessa faixa da região Nordeste está atuando. Essas chuvas foram causadas pela Zona de Convergência Intertropical, que favorece a formação de nuvens carregadas que avançam do mar em direção ao continente”, explicou Gilmar Bristot, no início desta semana.

Ele disse que o período de atuação da ZCIT varia entre os meses de fevereiro e maio, e que “às vezes” só começa a atuar em março. O meteorologista  afirmou que as condições atuais apontam precipitações nas regiões Central e Oeste “dentro de um índice normal”, e “abaixo do normal” no Agreste e no Leste do Estado. Nos próximos dias 20 e 21, a Emparn irá realizar uma reunião climática em Natal com representantes de núcleos meteorológicos de todo o País, incluindo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), para que os dados que embasam a previsão sejam revisados e atualizados.

A ocorrência de chuvas entre os dias 9 e 12 deste mês foi irregular em algumas áreas da região Agreste e intensa na porção Oeste, mas encheu pequenos açudes e barragens e renovou a esperança do pequeno agricultor. A “Situação de Emergência por Seca” decretada em 153 cidades é válida até 19 de março, dia de São José, padroeiro dos agricultores pela tradição católica cristã. Até lá, dependendo da situação dos reservatórios, o decreto poderá ser ou não renovado pelo Governo do Estado, mas ainda não há definição acerca disso.  Com as chuvas do último fim de semana o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) começa, no próximo dia 20, a distribuição de 645 toneladas de sementes aos 48 mil agricultores cadastrados.

Em janeiro de 2017 não choveu em 57% dos municípios do RN, um percentual menor que o registrado no mesmo período de 2016. O cenário, segundo análise pluviométrica da Emparn foi o seguinte: dos 167 municípios, 96 cidades foram classificadas com clima seco e muito seco. O número de municípios “muito chuvosos” caiu para dois e os “chuvosos” reduziu para sete. No ano passado, o mês de janeiro foi de “boas chuvas” para 100 municípios classificados como “muito chuvoso” e 33 como “chuvoso”.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários