PRF vai receber efetivo de 500 homens

Publicação: 2013-12-29 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Polícia Rodoviária Federal no Rio Grande do Norte (PRF/RN) vai receber um efetivo de 500 homens durante o período da Copa do Mundo. Além desse número, o efetivo local está treinando para participar das ações durante o evento esportivo. O superintendente regional do órgão, inspetor Rosemberg Alves, afirma ainda que, nos últimos três anos, o efetivo cresceu 20%. “Todo esse pessoal estará treinado para prestar o melhor serviço para o cidadão”, explica. Apesar do aumento, a convocação dos 500 homens é necessária porque o efetivo atual é considerado baixo.

Na última sexta-feira, a PRF/RN recebeu 25 novas viaturas e 19 motocicletas para serem usadas já na operação Rodovida e durante a Copa do Mundo de 2014. Ainda de acordo com Rosemberg Alves, várias ações vem sendo implantadas nos últimos anos para melhorias da estrutura, entre elas a construção e reforma de delegacias e postos fixos, implantação de um call center, contrato de guinchamento de veículos retidos e capacitação de policiais.

Alves conta ainda que, até o momento, 5% do efetivo atual foi capacitado. Até a Copa, ele espera que 60% dos policiais tenham se submetido a alguma especialização. “Já enviamos policiais para fora do Estado e outros realizam capacitação em Natal.

Em conversa com a TRIBUNA DO NORTE, o superintendente apresentou os números de apreensões realizadas nos últimos anos. Rosemberg Alves comentou ainda o fato da PRF/RN ter reduzido o número de apreensões de drogas durante este ano. O fato foi noticiado em matéria divulgada na edição do último domingo. “Os números mostram que tivemos redução na quantidade de drogas apreendias, mas a quantidade de apreensões aumentou. A  PRF/RN realizou outras ações. Estamos vigilantes. Estamos atuando”, diz.


Policiais da PRF são capacitados para atuar na Copa 
bate-papo - Rosemberg Alves - superintendente da PRF/RN

Houve uma redução na quantidade de drogas apreendidas este ano pela PRF/RN. Por que isso ocorreu?

Aparenta-se que tivemos diminuição na fiscalização na parte operacional, mas não foi isso. A polícia tem outras obrigações. Apenas uma das ações é a apreensão de drogas.  O trabalho é feito. Fizemos prisões e outras ações que houveram acréscimo. A PRF está presente, está fiscalizando. A não apreensão de drogas não quer dizer que não fiscalizamos. A quantidade de apreensões foi maior, mas a quantidade de droga foi menor. Ocorre de em um ano uma polícia apreender mais droga que outra polícia.

Os traficantes desviaram do RN?
É possível que os traficantes também tenham procurado outras rotas. Tem traficante em submarino clandestino, evitam vias estaduais. O transporte de ônibus não é feito mais.

E com relação à Copa, como estão os preparativos?
Estamos preparando os policiais em várias áreas temáticas: motopoliciamento, escolta e batedor, transporte de carga e passageiro, por exemplo. E vamos receber em torno de 500 policiais de fora. Estamos capacitando os policiais em cursos de língua em parceria com o Senac e Pronatec.

E como está a estrutura da PRF/RN?

Semana passada, licitamos retomada da construção dos postos de Caicó, Mossoró e São Gonçalo do Amarante. As obras retomam em janeiro. Caicó será entregue em 60 dias. Em 2014, vamos licitar outro posto em Mossoró e em Lajes. Ao final de 2014, todos os 8 postos e mais 3 delegacias sofreram reformas profundas.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários