Prioridades para o Nordeste

Publicação: 2019-06-16 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A ferrovia transnordestina e a conclusão da transposição das águas do Rio São Francisco deverão constar das prioridades do Plano Plurianual. Os governadores do Nordeste querem priorizar os projetos com impacto em vários estados da região para incluir no Plano Plurianual do Governo Federal até julho. Outros critérios ainda serão definidos. Para o Rio Grande do Norte, no caso da ferrovia, só tem interesse direto se incluir um ramal, por exemplo, de Souza (PB), até Mossoró, como existia em operação até a década de 90.

CRESCIMENTO

A equipe econômica do governo Bolsonaro e alguns analistas afirmam que a aceleração econômica depende de redução de incertezas sobre reformas e, mais ainda, das tensões da área política. O quadro político é preocupante.

Recompensa

O Ceará quer negociar duas operações de crédito com o Governo Federal. O governo cearense entende que o pacote de equilíbrio fiscal lançado pela União estaria ajudando apenas os estados que não fizeram "o dever de casa". Para compensar, iniciam entendimentos para o financiamento de obras naquele Estado.

Restituição

O primeiro lote de restituição do Imposto de Renda de 2019 vai beneficiar 36,605 mil contribuintes potiguares no montante de R$ 74,056 milhões. O depósito no banco será amanhã. Mais dinheiro na praça com o pagamento da primeira parcela dos salários do Estado, de junho.

CALENDÁRIO

Nesta semana tem o último feriado do primeiro semestre, quinta-feira (Corpus Christis) e a virada do calendário: Inverno no hemisfério Sul e Verão no Hemisfério Norte. O período normal de chuvas no Leste e no Agreste vai até o começo de julho.

Analisar o depois

Com o primeiro semestre perdido, agora as apostas se voltam para segundo trimestre considerado o mais importante para a economia. A Fundação Getúlio Vargas (FGV IBRE) debate  o tema amanhã, no II Seminário de Análise Conjuntural, a partir  da queda de 0,2% do PIB no primeiro trimestre em relação ao último trimestre de 2018. Isso, acendeu o sinal vermelho, embora já se esperasse um fraco desempenho do PIB nos três primeiros meses do ano.

INDAGAÇÕES

Por que crescemos tão pouco? Para responder a essa questão, especialistas vão se reunir  no seminário com a participação dos pesquisadores do FGV IBRE. O momento é oportuno para debater os novos desafios para a economia, já que  o primeiro trimestre foi afetado por choques internos e algum impacto do cenário internacional.

1- Os produtores de melão do Rio Grande do Norte e Ceará iniciam os preparativos para a safra 2019/20, voltada para a exportação, a partir de agosto. A principal região produtora e exportadora de melão do Brasil, de acordo com informações do Hortifruti/Cepea, está preparando o solo, com a expectativa de que o calendário de produção se altere pouco em relação ao ano passado por conta das chuvas.

2- Para o pesquisador Luiz Carlos Molion, a tese do aquecimento global é frágil. Ele não discorda que há períodos de aquecimento do planeta, mas questiona que o fenômeno seja causado pelo homem. Para ele, os modelos aplicados pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês), órgão da ONU que patrocina os principais estudos sobre o meio ambiente, possuem enormes lacunas e fragilidades no seu rigor científico.

3- Grandes companhias globais começam a ser pressionadas a pagar menos para executivos, já que estudos revelam que as remunerações elevadas nem sempre trazem bons resultados. Além dos elevados salários, no caso do Brasil, tem remunerações em que o Imposto de Renda não alcança. Também no sérvio público há criticas quanto aos auxílios e outras verbas imunes à tributação.

EDUCAÇÃO

O Ministério da Educação quer uma progressão de 10% para 15% os repasses da União para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Atualmente, os repasses do governo federal representam 10% da contribuição total dos estados e municípios de todo o país.

FRANQUIA


A  rede Bob’s investe na expansão em Natal e promove um encontro para apresentar franquias da rede, com oportunidades de negócios que vão de R$ 820 mil a R$ 1,5 milhão. O roadshow em Natal será terça-feira, 18, das 9h às 20h, no hotel Comfort. O objetivo é atender os empresários e pessoas interessadas em abrir uma franquia Bob’s. Para participar, é necessário se inscrever pelo site https://eventosbobs.com.br/natal/.

AVIAÇÃO (I)


No acordo como governo de São Paulo para aumentar o número de vôos em troca da redução do ICMS, a aérea Gol dá uma de “João sem braço”. Anunciou dois vôos, sendo um para Araçatuba, interior de São Paulo e outro para Cabo Frio, interior do Rio de Janeiro. Para o RN até agora nenhuma empresa fez menção.

AVIAÇÃO (II)


A Embraer terá exposição histórica no Paris Air Show para celebrar seus 50 anos. Na exposição, de até 23 de junho no aeroporto de Le Bourget, nos arredores de Paris, França, a Embraer terá como destaques na área de demonstração o novo E195-E2, maior aeronave da segunda geração da família de jatos comerciais da Companhia; a aeronave militar multimissão de transporte e reabastecimento em voo KC-390; a aeronave de treinamento de ataque leve A-29 Super Tucano; e o Praetor 600, o melhor jato executivo da categoria super-midsize já desenvolvido.




continuar lendo


Deixe seu comentário!

Comentários