Produção de petróleo terá redução, confirma OPEP

Publicação: 2018-12-06 00:00:00 | Comentários: 0
A+ A-
A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) está mais perto de decidir cortar sua produção, após uma reunião técnica nesta quarta-feira, 5, com a presença de representantes da Rússia, aliado do cartel. A reunião técnica realizada antes do encontro oficial da Opep e seus aliados na quinta-feira, 6, e na sexta-feira, 7, recomendou nesta quarta-feira um corte na oferta.

Após uma queda forte recente nos preços, por causa do excesso de oferta, os contratos têm sido apoiados recentemente pela expectativa de que a Opep concorde em cortar a produção em 1,3 milhão de barris por dia (bpd).

Falando a repórteres ao deixar a reunião técnica de representantes da Opep e dos aliados, o ministro do Petróleo de Omã, Mohammed Al Rumhi, afirmou que os participantes “recomendaram que há a necessidade de reduções". Mesmo a Rússia, que vinha se mostrando relutante em fazer o corte, concordou com a recomendação, segundo ele.

O ministro de Omã, porém, se recusou a dizer qual volume é avaliado no corte. O ministro de Omã, cujo país não é membro da Opep mas é um aliado próximo do cartel, disse que as reduções usariam os meses de setembro e outubro deste ano como referências e devem se estender durante seis meses.

O ministro do Petróleo do Kuwait, Bakhit al-Rashidi, também disse que a coalizão da Opep recomendou que o corte vigore por um período de seis meses.



continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários