Professores decidem pela continuidade da greve no Rio Grande do Norte

Publicação: 2017-03-20 18:19:00 | Comentários: 0
A+ A-
Em assembleia na tarde desta segunda-feira (20), os trabalhadores da educação decidiram manter a greve no Rio Grande do Norte. Iniciada na última quinta-feira (16), a paralisação é contra a reforma da previdência.

Segundo Fátima Cardoso, diretora geral do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do RN (Sinte-RN), a adesão dos professores é de mais de 70% em todo o estado. "O resultado da assembleia é importante, porque reafirmamos a importância de várias atividades que estamos fazendo", disse Cardoso.
Categoria organizou calendário de atividades nas escolas
Com uma pauta motivadora de alcance nacional, os professores que aderiram a greve estão realizando atividades de debates e discussões com os alunos sobre a reforma da previdência e os motivos para as paralisações.

“Essa greve é diferente, é curiosa a forma como as coisas estão acontecendo. Há um debate dentro da escola e fora dela, então é uma coisa diferente das greves passadas, porque nas greves passadas nós nos dirigíamos à Governadoria, à Assembleia Legislativa com uma pauta local. Mas a pauta principal e fundamental dessa vez são as reformas, em especial a reforma da previdência”, completou Fátima.

Uma nova assembleia foi marcada para a próxima segunda-feira (27) na Escola Estadual Winston Churchill. Até lá, o sindicato vai continuar a programação de debates nas escolas.

De acordo com o último levantamento feito pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC), 20% das escolas estão sendo totalmente atingidas pelas paralisações. A titular da pasta, Cláudia Santa Rosa, afirmou que ainda não é cogitada medidas judiciais para a retomada das atividades. "Ainda estamos aguardando que eles possam repensar. Se perdurar é que vamos recorrer para saber que medidas poderemos tomar. Isso será avaliado tanto com o governador, quanto com a Procuradoria Geral do Estado", disse a secretária.


continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários