Cookie Consent
Natal
Programa do IMD abre 35 vagas para cursos gratuitos em tecnologia
Publicado: 17:05:00 - 27/06/2022 Atualizado: 17:09:52 - 27/06/2022
Iniciativa que oferece formação gratuita em diferentes temas ligados à tecnologia, o Programa de Estudos Secundários (PES 2022), do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), abriu nesta segunda-feira (27) as inscrições para seu processo seletivo de alunos. Ao todo, são oferecidas 35 vagas, destinadas a qualquer pessoa que já tenha diploma de curso superior ou que esteja matriculada em graduação que não seja ofertada pela UFRN.
Alex Régis
Instituto Metrópole Digital, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Instituto Metrópole Digital, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

As inscrições, que seguem abertas até o dia 10 de julho, acontecem exclusivamente pelo SIGAA/UFRN (buscar por “estudos secundários”). O certame, regido pelo Edital nº 001/2022, oferece oportunidades para cursos em Bioinformática, Ciência de Dados, Inovação e Empreendedorismo, Informática Educacional, Inteligência Artificial (IA), Internet das Coisas e Jogos Digitais. Cada curso conta com cinco vagas.

Seleção

Para participar do processo de seleção, que consiste em Prova de Conhecimentos Específicos, é necessário anexar, em formato PDF, cópia do diploma, certificado de conclusão ou histórico de graduação, documento de identificação com foto e CPF. A taxa é de R$ 70.

O exame é de natureza objetiva e abordará temas relacionados às bases teóricas e práticas da área de Tecnologia da Informação (TI), além de competências e habilidades necessárias para o ingresso no PES. O resultado final está previsto para ser publicado no dia 28 de julho e as aulas começarão no dia 22 de agosto deste ano.

Programa

Enquadrado na categoria de cursos sequenciais, previsto pela Câmara de Ensino Superior do Conselho Nacional de Educação, o PES oferece aos participantes formações pontuais e específicas em diversas áreas de tecnologia, com 300 a 360 horas de aprendizagem.

O programa promove o ensino de habilidades que podem ser úteis para diferentes profissionais, que muitas vezes não recebem esse tipo de formação na sua grade curricular da graduação.

Assim, uma vez concluído o curso, o egresso recebe uma certificação naquela área de conhecimento, o que não apenas fortalece o currículo como também amplia seu portfólio para atuação no mercado.


Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte