Natal
Projeto em Natal traz aulas de autodefesa para vítimas de violência doméstica
Publicado: 00:00:00 - 18/07/2021 Atualizado: 11:51:39 - 17/07/2021
Um projeto em Natal vai ensinar aulas de autodefesa a mulheres vítimas de violência doméstica e também para aquelas que querem aprender técnicas básicas de autodefesa. Coordenado pelo Coletiva Nísia Floresta, o curso será lançado nesta semana e irá abrir diversas turmas, que podem ir de 10 a 12 alunas cada. O curso será totalmente gratuito e as aulas devem começar já em agosto.

Leia Mais

De acordo com a coordenadora do projeto, Elisângela Duarte, o curso será voltado inicialmente para mulheres com medidas protetivas expedidas pelo Poder Judiciário. A ideia é evitar justamente a reincidência dos casos de violência, o que acaba sendo uma situação comum e corriqueira em mulheres que já sofreram agressão nos relacionamentos.

“Sentimos a necessidade de que essas mulheres tenham, pelo menos, as técnicas básicas para que elas consigam se desvencilhar dos seus agressores enquanto conseguem pedir socorro. Num primeiro momento, será apenas para mulheres com medidas protetivas, mas num segundo momento, vamos liberar para outras mulheres e população em situação de vulnerabilidade econômica”, explica.

O projeto acontecerá em parceria com a academia Futuro Campeão, localizada em Candelária. As aulas inicialmente serão de judô, com foco na defesa pessoal, e serão coordenadas pela faixa preta em judô, Letícia Oliveira, em parceria com a Associação Futuro Campeão, mas outras técnicas de autodefesa serão implementadas aos poucos. Ainda de acordo com Elisângela Castro, outro foco do projeto é proporcionar empoderamento para as mulheres vítimas de violência, fazendo com que o esporte possa ser uma alternativa de vida para as participantes.

“Queremos talentos também. Que essas mulheres possam se desenvolver no esporte até como uma forma de curar tantas cicatrizes que a violência doméstica deixa. E que elas possam se manter, dar continuidade e fazer com que o esporte possa curar essas questões da violência. Primeiro para sua defesa pessoal e depois para que o esporte seja um momento de lazer e de cura”, completa.

As inscrições serão abertas na próxima quinta-feira (22) e as interessadas podem mandar uma mensagem no “direct” do perfil do Instagram @oletivanisiaflorestaoficialrn.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte