Cookie Consent
Natal
Projeto social facilita acesso aos bens culturais no Estado
Publicado: 00:00:00 - 05/07/2022 Atualizado: 00:06:20 - 05/07/2022
A Sociedade Amigos da Pinacoteca, entidade cultural conhecida pelas ações de valorização das artes no Estado, lançou o projeto “Arte que Inclui”, uma ação formativa e artística pensada especialmente para inclusão de grupos que enfrentam, historicamente, mais dificuldades para ter acesso  à arte e aos bens culturais. A primeira edição será em Mossoró. As ações se voltam para pessoas com deficiência, comunidade rural de assentados, quilombolas, e população LGBT+. As inscrições estão abertas no site dos Amigos da Pinacoteca.

Divulgação
Ao todo serão 14 oficinas, divididas em três etapas. A primeira etapa contará com cinco oficinas de percussão corporal

Ao todo serão 14 oficinas, divididas em três etapas. A primeira etapa contará com cinco oficinas de percussão corporal

 
Ao todo serão 14 oficinas, divididas em três etapas. A primeira etapa contará com cinco oficinas de percussão corporal que trazem 250 participantes entre crianças e adolescentes da rede Estadual de ensino. Também estão sendo ofertadas três oficinas de fotografia em celular, três para edição de vídeo em celular, e três oficinas de marketing pessoal. 

Ainda há três oficinas de maquiagem, e duas são voltadas para a população LGBT+, incluindo para drag queens com performances. Das três oficinas de figurinos e adereços, duas são dedicadas a este público e uma para público geral. A oficina de “Dança sobre Rodas” recebe até 30 participantes cadeirantes. 

A última etapa serão oficinas no segmento de música específica para DJ, ministrada por nomes conhecidos da cena como DJ Hunter e DJ Gustavo RFK G. Assim como grafite, tendo como instrutores os artistas Rayron Montelli, Marcelo Moraes e Marcelo Amarelo. E Capoeira com os professores Alice Alves, Douglas Eduardo e Breno Henrique. Essas oficinas irão compor o musical “Estrelas Especiais”, a ser realizado em setembro com a inclusão do público PcD. 

A escolha por Mossoró para a primeira edição do projeto, foi motivada pelo fato de a região ter 30% de sua população formada por jovens, na faixa etária entre 12 e 29 anos, a grande maioria vivendo próximo à linha da pobreza. Depois, chama a atenção por ser a terceira cidade do Nordeste mais violenta para este público, de acordo com estudos da Unicef. 

O diretor da Sociedade Amigos da Pinacoteca, o médico, artista plástico e escritor Iaperi Araújo, afirmou que o “Arte que Inclui” amplia o olhar da instituição para a promoção da acessibilidade cultural ampla para diferentes públicos.

Serviço:
Projeto “Arte que inclui”. Inscrições pela página virtual https://amigosdapinacoteca.com.br/artequeinclui/ ou informações pelo 2142-9161. 

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte