Prosseguem os depoimentos da Operação Hígia na Justiça Federal

Publicação: 2010-11-17 09:28:00 | Comentários: 2
A+ A-
Ciro Marques
Repórter

Os depoimentos dos acusados de envolvimento no esquema de corrupção denunciado na Operação Hígia, deflagrada há dois anos pela Polícia Federal (PF/RN), continuam hoje (17) no prédio em anexo da Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN). Os depoimentos de 14 pessoas estão marcados, mas não a confirmação se todos ocorrerão mesmo hoje.

Juiz federal Mario Azevedo Jambo antes do início do segundo dia de coleta de depoimentos, na JFRNSegundo a assessoria do juiz Mario Azevedo Jambo, da 2ª Vara Federal da JFRN, todas as testemunhas marcadas para hoje foram arroladas pelo Ministério Público. Os depoimentos prosseguem depois ouvindo as testemunhas arroladas pela defesa. Somente ao final, serão chamados os réus para depor.

"Os depoimentos serão tomados de forma contínua. Os que não puderem ser ouvidos hoje, serão ouvidos amanhã e, logo depois, as testemunhas arroladas pela defesa e os réus. A expectativa é que até terça-feira (23) esteja concluído essa fase", afirmou o juiz Mario Jambo, que preferiu não expor suas conclusões do depoimento prestado ontem (16), pelo delegado da PF, Caio Marques, único, por sinal, a depor no primeiro dia.

"A defesa contribuiu e houve a desistência de 30 pessoas. Ao final dessa fase, ainda sim, devemos ouvir um total de 140 testemunhas", afirmou o juiz federal.

continuar lendo



Deixe seu comentário!

Comentários

  • valerinhapoicao

    ATENÇÃO: \"prosseguem\", com dois S, e não com \"C\".

  • almeida.maia

    tenho certeza que Lauro Maia bem como os demais envolvidos nessa gatunagem não serão condenados , pois todos são muito influêntes e todos nós sabemos que só os pobres ficam engaiolados. ou não?????????? me mostre um rico que estar na prisão.!!!!!