Cookie Consent
Política
PT adia encontro que tomaria decisão oficial sobre aliança
Publicado: 00:01:00 - 20/05/2022 Atualizado: 23:39:14 - 19/05/2022
O Partido dos Trabalhadores (PT) adiou o encontro de “tática” que estava previso para este sábado (21) e agora ocorrerá no domingo (29). O presidente da Executiva Estadual, ex-deputado Júnior Souto, informou que também se decidiu reduzir de 240 para 138 o número de delegados com direito a voto no encontro, que ao final da confirmação da chapa majoritária que está sendo costurada com partidos aliados, deverá contar a presença da governadora Fátima Bezerra (PT) e os pré-candidatos a vice-governador e senador, o deputado federal Walter Alves (MDB) e o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (MDB).

Divulgação
Fátima Bezerra deve participar do encontro e defender a chapa majoritária articulada com MDB e PDT

Fátima Bezerra deve participar do encontro e defender a chapa majoritária articulada com MDB e PDT


“Uma vez que aprovada a chapa integralmente, obviamente, eles comparecem”, disse o ex-deputado Júnior Souto, para confirmar que “as dificuldades de resolver pendências” de contribuições partidárias, que são feitas por um sistema nacional de arrecadação do partido e podiam comprometer o evento político, “decidiu-se ganhar mais uma semana”.

Inicialmente, segundo Souto, a Executiva tinha a pretensão de adiar o encontro de “tática” para o sábado (28), mas como haverá um encontro da juventude do PT, “não quisemos concorrer”.

O dirigente do PT disse, ainda, que a diminuição do  número de delegados, facilitará as indicações de delegados, como também foi uma forma de não correr risco  de  recursos da parte de alguma corrente interna do partido. “Estávamos encaminhando para desconsiderar a exigência das contribuições, mas para evitar contestação, terminou-se adiando o encontro”, informou.

Mesmo com a redução do número de delegados, Júnior Souto afirmou que o encontro “terá o tamanho que o local comporta” - o Praia Mar Hotel, em Ponta Negra, reunindo em torno de 300 pessoas. Pré-candidatos, coordenadores setoriais, delegados, vereadores, vice-prefeitos, presidentes de Executivas municipais e os prefeitos do partido, Odon Júnior (Currais Novos), Marina Dias Marinho (Jandaíra), Eraldo Paiva (São Gonçalo do Amarante), João Batista da Cunha Neto (Afonso Bezerra) e Andrezza Brasil Souto (Sítio Novo).

O prefeito Odon Júnior avalia que apesar das divergências internas sobre a composição da chapa majoritária, pois a presidente estadual da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e braço sindical do PT, Eliane Bandeira, já declarou apoio a uma pré-candidatura a senador do  deputado federal Rafael Motta (PSB), terminará prevalecendo a defesa da corrente “Avante”, liderada pela governadora Fátima Bezerra e conta com o deputado estadual Francisco do PT.

“O entendimento geral é no sentido da aliança com o MDB na questão da vice e também temos entendimento da composição do PDT pra vaga do senado”, disse Odon Jr: ”A gente está totalmente integrado com esse entendimento e acho que o encontro vai só ratificar a posição majoritária do Partido dos Trabalhadores no no Rio Grande do Norte”. 

O prefeito de Currais Novos considera “naturais” essas divergências internas, mas registra que o deputado Rafael Motta “é um importante aliado já alguns anos, é legítima a reivindicação pela trajetória política que ele tem”, mas acredita que até as convenções pode se chegar a um entendimento. 

Militante do PT, mas sem estar agora vinculado a nenhuma corrente interna, o advogado Adriano Gadelha argumenta que “a discussão de peso” no encontro de “tática” não será nem a questão da chapa majoritária, mas as eleições proporcionais devido a formação da federação partidária “Brasil Esperança” com PV e PC do B, em que o PT deve apresentar o maior número de pré-candidatos a deputado federal e estadual.

“É uma coisa nova, é mesmo  que uma coligação do ponto de vista da politica, mas termina sendo um partido só e que obriga a discutir além de uma eleição, porque vale por quatro anos”., disse Gadelha, que atualmente presta assessoria política ao senador Jean Paul Prates (PT).

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte