Economia
Qualificação profissional transforma realidades
Publicado: 00:00:00 - 28/11/2021 Atualizado: 19:59:28 - 27/11/2021
Se a educação, por si só, é base para o desenvolvimento do cidadão, quando aliada à qualificação profissional, transforma a realidade de quem a recebe e melhora os serviços prestados nas mais diferentes áreas. Para tanto, pode contar com entidades como o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), ligado ao Sistema Fecomércio, que trabalha na formação de profissionais para atuarem nos segmentos do comércio de bens, serviços e turismo.

Divulgação
Senac faz, em média, 20 mil matrículas, por ano, nas suas quatro unidaddes, num vasto leque de opções que inclui novas tecnologias

Senac faz, em média, 20 mil matrículas, por ano, nas suas quatro unidaddes, num vasto leque de opções que inclui novas tecnologias


De acordo com o Diretor Regional do Senac/RN, Raniery Pimenta, nos últimos quatro anos, foram cerca de 15 mil matrículas ofertadas gratuitamente, dando acesso à educação profissional de qualidade para pessoas cuja renda familiar mensal per capita não ultrapasse dois salários mínimos. “Esses números representam milhares de pessoas que, muitas vezes, não tinham qualquer perspectiva de um futuro profissional ou meios de geração de renda, mas, a partir de um curso de qualidade, tornam-se aptos a entrar no mercado de trabalho, empreender em seu próprio negócio e contribuir com a geração de emprego e renda”, destacou Raniery.

Com unidades em Natal, Mossoró, Assú e Caicó, além do Hotel-Escola Senac Barreira Roxa, complexo que conta com hotel, restaurante, centro de eventos e centro de ensino, a entidade executa uma média de 20 mil matrículas em cursos de qualificação profissional num vasto leque de opções de capacitações em diversas áreas, como beleza, saúde, idiomas, gastronomia, turismo e hospitalidade, Tecnologia da Informação, dentre outras. “Também podemos atender a todo o estado com ações das nossas unidades móveis, ou por meio de parcerias com as prefeituras e entidades”, disse ele.

Além das opções de qualificação profissional ofertadas, o Senac/RN tem investido em diversas ações e projetos com foco no desenvolvimento do Turismo do Estado. Por meio do Projeto Verena, uma parceria internacional de cooperação entre o Sistema Fecomércio/RN e a Câmara de Comércio de Trier (EIC Trier), na Alemanha, a instituição tem colaborado com a promoção turística local, com implantação de programas como o DEL Turismo em polos turísticos do Rio Grande do Norte. O Verena é executado através do Senac e o governo do estado alemão da Renânia-Palatinado.

“Além disso, na área de turismo, gastronomia e hospitalidade, segmentos protagonistas na economia potiguar, dispomos do Senac Barreira Roxa, uma estrutura moderna com ambientes que simulam cenários reais de mercado. Somente no Barreira Roxa temos uma capacidade para mais de 2 mil matrículas por ano”.

Na pandemia, sala virtual manteve capacitações
Durante a pandemia, assim como as outras instituições de ensino, o Senac precisou suspender as capacitações presenciais e lançou a Sala de Aula Virtual, que funciona como uma extensão da sala de aula presencial, através da ferramenta Microsoft Teams. Nela, os alunos já estão cadastrados dentro das suas turmas, no mesmo horário da aula presencial, com seu instrutor e pedagogo que acompanha todo o processo. “Cerca de seis mil alunos tiveram acesso ao novo recurso. As equipes pedagógicas analisaram e definiram como cursos possíveis de serem continuados de forma online, os que contém unidades curriculares teóricas aptas para serem trabalhadas remotamente”, explica o diretor regional do Senac/RN.

Segundo ele, a entidade se preparou para o atual cenário, porém, pela natureza de alguns cursos que são desenvolvidos com 100% de prática - como os das áreas de Beleza e Gastronomia – no primeiro momento, nem todas as capacitações puderam ser adaptadas ao ambiente virtual. “Diante disso, a instituição elaborou conteúdos didáticos para os alunos que não foram contemplados na Sala Virtual. Esse material serviu de apoio para manter o aluno estudando e preparado para o retorno das aulas presenciais”, contou Raniery Pimenta.

Mesmo após encerrado o período de quarentena, as opções de aulas na Sala Virtual foram mantidas de forma extensiva em algumas áreas, como a de Idiomas, por exemplo, disponibilizando aulas nas modalidades presencial e remota. Além das adaptações operacionais, o Senac investiu em um planejamento estratégico para atender o mercado profissional no cenário do pós-pandemia. “Atualmente, em nosso portfólio, em cada 10 cursos ofertados, 6 não existiam antes da pandemia. Como uma instituição que educa para o trabalho, priorizamos investir em capacitações que atendam as necessidades atuais de cada segmento atendido”, explicou o diretor.

Leia também

Plantão de Notícias

Baixe Grátis o App Tribuna do Norte

Jornal Impresso

Edição do dia:
Edição do Dia - Jornal Tribuna do Norte